Saúde Legal

Falta de desejo sexual nas mulheres supera a ausência de orgasmo como problema

Confira os fatores que levam mulheres saudáveis a perderem o desejo sexual.
por Saúde Legal
20/07/2014 21:02h

Falta de desejo sexual nas mulheres supera a ausência de orgasmo como problemaAntes o maior problema de disfunção feminina era a anorgasmia, a ausência de orgasmo. Contudo, os consultórios médicos têm recebido muitas queixas da falta de desejo sexual nas mulheres, superando a quantidade de reclamações de ausência de orgasmo.

As queixas já existiam, mas antes eram quase exclusivas ao grupo de mulheres que estão na menopausa. Contudo, a falta de interesse no sexo já acomete muitas das mulheres fora dessa faixa, atingindo idades entre 25 a 40 anos, saudáveis, sexualmente ativas e em idade fértil.

Segundo os especialistas, o desejo diminuído em mulheres que não apresentam nenhum quadro de depressão, não utiliza medicamentos ou nenhuma outra enfermidade ou problema hormonal, pode se dar por razões do dia a dia desse novo século: estresse, cansaço ou inexperiência devido à diminuição na idade de início sexual. A causa também pode estar no relacionamento, onde o companheiro não apresenta tanta habilidade para proporcionar boas preliminares ou o relacionamento vem apresentando uma fase difícil (e aí voltamos ao estresse novamente).

Mas, isso não significa dizer que essas mulheres não terão mais desejo sexual para o resto da vida. Se a causa é estresse ou cansaço, reorganizar as atividades diárias, aliadas a uma boa alimentação e a prática de atividades físicas ajuda a resolver o problema.

E se o problema estiver no relacionamento, é preciso dialogar com o parceiro. Expor o que está faltando. As mulheres, principalmente as mais jovens e inexperientes, necessitam de preliminares com muita dedicação para começar a sentir o estágio de excitação. Já o homem precisa entender que tudo se trata de um contexto, que vai desde uma atenção, um elogio, um gesto de carinho, até atingir a excitação na mulher e o orgasmo.

E nem tudo depende só do homem. O mapa de excitação da mulher é complicado e difícil de ser desvendado sem a sua ajuda. A mulher deve dizer ao homem onde prefere que lhe faça carícias, se quer que lhe sussurre algo e se tem algum desejo que fosse realizado: um jantar, uma música, uma fantasia, uma posição diferente, o que estiver lhe faltando.

Assim, a vontade sexual é reavivada, e é através da criatividade que ambos, homem e mulher, vão se reinventando a cada dia, mantendo um relacionamento feliz, sem monotonia e com o prazer de estar um com o outro.

Vale também o conselho em consultar um psicólogo, caso não consiga seguir as dicas acima. Muitas vezes o problema pode ser resolvido facilmente em poucas sessões com o profissional citado.

Leia também:Dicas para melhorar e parar o soluço

Jeferson Machado Santos.CRF-SE: 658.

Farmacêutico pela Universidade Federal de Sergipe - UFS.Habilitação em Bioquímica Clínica pela Universidade Federal de Sergipe - UFS.Especialista em Administração de Empresas pela FIJ-RJ.Especialista em Farmacologia e Interações Medicamentosas pela Uninter-IBPEX.

 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo