Saúde Legal

Tomar pílula por muito tempo dificulta engravidar?

É verdade também que com o tempo, o anticoncepcional perde o efeito?
por Saúde Legal
27/10/2014 19:30h

Temos acima duas questões: a primeira, mulheres que desejam engravidar após muito tempo utilizando a pílula anticoncepcional. A segunda, o fato da pílula poder ter o seu efeito reduzido com o passar do tempo. Vamos às respostas.

Tomar pílula por muito tempo compromete a fertilidade?Em geral não. Ainda não existem provas científicas suficientes que provem que o uso prolongado da pílula anticoncepcional interfira na fertilidade da mulher. O que pode acontecer é que a mulher tenha resolvido parar a pílula com 35 anos de idade, por exemplo. É sabido que uma mulher de 35 anos pode não ter a mesma fertilidade de outra com 20 anos. Assim, as chances de engravidar podem ser menores, e por isso, algumas mulheres relatam dificuldades em engravidar após a pausa da pílula.

Ou seja, a dificuldade nesses casos seria por conta da idade e não do medicamento. O ideal é que a mulher consulte um ginecologista e realize os exames necessários para saber se sua saúde está em dias e possa ter uma gravidez sem risco.

Vale ressaltar que a pílula anticoncepcional apresenta muito mais benefícios do que apenas a proteção contra gravidez. O uso da pílula por anos reduz o risco de endometriose, protege contra o câncer de ovário e útero e diminui o risco de uma gravidez ectópica (quando o bebê se desenvolve fora do útero).

Tomar pílula por muito tempo dificulta engravidar?A pílula não perde a sua eficácia, mesmo que você use a mesma por anos e anos.

É verdade também que com o tempo, o anticoncepcional perde o efeito?Algumas mulheres me questionam muito se seria preciso trocar de pílula de tempos em tempos. A resposta é simples: a pílula não perde a sua eficácia, mesmo que você use a mesma por anos e anos. Se por acaso a mulher esteja pensando em mudar, por conta de algum efeito colateral, procure o ginecologista e converse sobre o assunto. Porém vale o alerta: pílula anticoncepcional deve ser utilizada conforme a bula e orientação do médico e farmacêutico, para ter os 100% de sua eficácia.

Leia também:Anticoncepcionais podem ser substituídos por um Chip que dura 16 anos

Jeferson Machado Santos.CRF-SE: 658.

Farmacêutico pela Universidade Federal de Sergipe - UFS.Habilitação em Bioquímica Clínica pela Universidade Federal de Sergipe - UFS.Especialista em Administração de Empresas pela FIJ-RJ.Especialista em Farmacologia e Interações Medicamentosas pela Uninter-IBPEX.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo