Policial

Profissionais do Samu reclamam de falta de segurança

Assaltantes roubaram um homem e tentaram levar arma do vigilante.
por Redação do Portal Itnet
13/01/2016 15:24h

Assaltantes roubaram o celular de um profissional do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e tentaram roubar a arma do vigilante do local, mas como ele trabalha desarmado os homens decidiram levar o aparelho de celular.

Segundo a presidente do Sindicato do Samu, Neima Correia as equipes temem pela falta de segurança. "Uma equipe foi assaltada no Conjunto Tamandaré e uma outra deixou o Bairro Lamarão debaixo de tiros, enquanto realiza um atendimento", desabafou.

Ele revelou ainda que a situação já foi levada ao Ministério Público, mas até o momento o governo não se manifestou para que uma parceria destinada a segurança das equipes fosse realizada. " A denúncia foi feita em fevereiro do ano passado, mas até agora nada. O que temos são seguranças que trabalham desarmados", explica.

Sobre a segurança na região o comandante e coronel da Polícia Militar, Vivaldo Cabral revelou: "eles possuem segurança particular desarmada e isso fragiliza o acesso ao local. Mas nessa região como em outras da cidade a segurança está sendo reforçada pela Polícia Militar", finalizou.

Fonte: G1SE

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo