Saúde e Ciência

Superintendente do hospital de Itabaiana diz que não houve mortos com KPC

Os três pacientes na área de isolamento continuam vivos, diz Ednei Cavalcante.
por Redação do Portal Itnet
21/01/2016 08:51h
Atualizado em 25/01/2016 08:39h

Após alguns veículos de imprensa noticiaram a morte de duas pessoas colonizadas pela bactéria Klebsiella Pneumoniae (KPC), que estavam internados no Hospital Pedro Garcia Moreno Filho, em Itabaiana, superintendente desmente a informação.

O superintendente do hospital Pedro Garcia Moreno Filho, Ednei Cavalcante, informou a nossa equipe que não houve mortes entre os 03 pacientes que estão na área de isolamento. Sendo dois destes colonizados, ou seja, que possuem a doença, mas não estão infectados e outro infectado pela bactéria.

A infecção da Unidade de Tratamento Intenso (UTI) do Hospital Pedro Garcia Moreno Filho ocorreu desde dezembro de 2015, e com isso a UTI passou por um processo de limpeza e foi criada uma área de isolamento para os pacientes com a bactéria.

 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo