Política

Subvenções: TJ já liberou três acusados

Já foram colocados em liberdade o empresário Wilson Farias, Alessandra Menezes e o motorista André dos Santos Almeida.
por Redação do Portal Itnet
22/01/2016 16:32h
Atualizado em 22/01/2016 16:35h

O Tribunal de Justiça já liberou três das cinco pessoas presas na Operação Avalanche da Polícia Civil, acusadas de envolvimento em suposto esquema de desvio das verbas de subvenções destinadas pela Assembleia Legislativa a entidades do terceiro setor. Já foram colocados em liberdade o empresário Wilson Farias, Alessandra Menezes e o motorista André dos Santos Almeida.

A defesa continua aguardando o resultado do julgamento dos habeas corpus impetrados em favor dos acusados Edivânia Menezes, esposa do empresário Wilson Farias, e do presidente da Associação Sergipana dos Produtores de Eventos (ASPE), Márcio José Góes. Estes dois permanecem presos. O processo transita no Poder Judiciário sergipano em segredo de justiça.

Os cinco réus foram presos no dia 24 de novembro do ano passado durante a Operação Avalanche desencadeada pela Polícia Civil para cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão contra os suspeitos. As investigações foram conduzidas pelo Departamento Especializado em Crimes Contra a Ordem Tributária e a Administração Pública (Deotap) com acompanhamento do Ministério Público Estadual.

As investigações revelam um esquema articulado por estas pessoas para desviar recursos públicos destinados pela Assembleia Legislativa à Aspe. De acordo com as investigações, o empresário Wilson Félix de Farias é considerado o articulador do suposto esquema para desviar os recursos públicos. Apesar deste inquérito estar concluso e encaminhado à justiça, há outras investigações relativas às verbas de subvenções em andamento na Deotap e no MPE.

Fonte: infonet

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo