Cidade

Governador inspeciona e inaugura obras no Agreste

Obras em Areia Branca, Nossa Senhora Aparecida, Carira e Itabaiana.
por Redação do Portal Itnet
29/01/2016 08:08h
Atualizado em 29/01/2016 08:17h

Nesta sexta-feira, 29, o governador Jackson Barreto visita o Agreste sergipano para entregar investimentos e inspecionar obras em Areia Branca, Nossa Senhora Aparecida, Carira e Itabaiana. Juntos, os investimentos somam R$ 84.466.749.

Em Areia Branca, o governador Jackson Barreto entrega a reforma da Escola Estadual Pedro Gonçalves Diniz. Orçada em R$ 1.068.805,15, a reforma se estendeu por uma área de 934,24 m2, na qual foram implantadas instalações de cabeamento estruturado e de combate a incêndio, esquadrias, louças e metais também foram substituídos, uma casa de gás. A Escola recebeu nova pintura e houve a implantação de piso de alta resistência e de revestimento cerâmico nas paredes. Será entregue também uma nova biblioteca, laboratório de informática e rede de internet disponível em todas as dependências do prédio, via sinal wi-fi.

Nossa Senhora Aparecida

No município de Nossa Senhora Aparecida, Jackson Barreto entrega uma quadra poliesportiva coberta na Praça Antônio Bispo. A obra se insere no Programa Sergipe 533.808,31.

A quadra foi dotada de toda a infraestrutura necessária para funcionar como um novo espaço de lazer e entretenimento para a população do município. O espaço recebeu uma estrutura de galpão em pórticos pré-moldados de concreto armado. O piso é em concreto simples desempolado, a iluminação da quadra é feita por luminárias com proteção em tela galvanizada e lâmpadas de vapor de sódio de 400 watts.

Carira

Principal polo produtor de milho do estado, Carira recebe pavimentação asfáltica e uma praça. A pavimentação asfáltica do acesso da BR-235 ao Povoado Altos Verde atende uma antiga demanda dos moradores da região. Com investimento de R$ 5.704.334,59, a pavimentação vai facilitar tanto o deslocamento de habitantes quanto o escoamento da produção de milho de Altos Verdes.

Já a urbanização da praça da Rua da Glória no Povoado Altos Verdes proporciona uma nova opção de lazer aos moradores do povoado. Foram investidos R$ 560.400,32. São 10 postes circulares de aço com 04 pétalas e 52 luminárias ao longo do espaço de lazer, que conta ainda com pergolado e mural. Todos os canteiros da praça receberam tratamento paisagístico, com o plantio de grama bermuda e de espécies nativas da região.

Itabaiana

O último município a receber a comitiva do Governo é Itabaiana, onde Jackson visita as obras do ginásio poliesportivo e da Rota do Agreste. Somados. Os empreendimentos somam R$ 76.599.402.

Com ordem de serviço assinada em novembro, o ginásio poliesportivo está com 15% dos serviços executados. O Ginásio de Esportes terá 2.200 lugares e está orçado em R$ 13.599.402,40. Localizado nas ruas Leandro Maciel e Coronel Sebrão, o Ginásio está sendo erguido numa área de 21.973,15 m², e terá área total construída de 5.558,67 m². O complexo vai contar também com a urbanização da área externa, que será pavimentada em paralelepípedo, receberá paisagismo e iluminação.

A construção do Ginásio é um incentivo ao desenvolvimento dos esportes no interior, especialmente do vôlei, do basquete e do futebol de salão, modalidades muito praticadas em Sergipe. O espaço terá vestiários para as equipes e para os juízes, salas de administração, de aquecimento, sala para médico; tribuna, áreas de circulação nos pavimentos térreo e superior, lanchonete, cabines de transmissão de rádio e TV, casa de força, banheiros e bilheterias, além de arquibancadas, quadra com piso de alta resistência e equipamentos para a prática de futsal, vôlei e basquete.

Rota do Sertão

Com 52 km de extensão a nova rodovia, interligará a BR-235, na altura do povoado Rio das Pedras, em Itabaiana, à BR-101, no povoado Aningas, em Itaporanga D'Ajuda, passando também pelos municípios de Areia Branca e São Cristóvão. Fruto de um investimento superior a R$ 63 milhões, sendo mais de R$ 58 milhões de recursos oriundos do Proinveste e aproximadamente R$ 5 milhões referentes às indenizações pagas pelo Estado pelas desapropriações, a obra além de valorizar a localidade e melhorar a condição de vida da população, é estratégica por encurtar a distância entre os municípios produtores sergipanos e o mercado consumidor baiano, para onde boa parte dos produtos produzidos na região são exportados.

Com informações da ASN.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo