Policial

“Polícia estará na rua, e bandido vai para o xadrez”, diz comandante.

Consciente da missão, oficial garante que a ordem será retomada em Itabaiana (SE) e regiões circunvizinhas.
por Redação do Portal Itnet
26/02/2016 10:48h
Atualizado em 26/02/2016 10:54h

“Polícia estará na rua, e bandido vai para o xadrez”, diz comandante.

PM's em operação preventiva denominada 'Saturação'.

Fotos: Divulgação/3º BPM

Por Iane Gois

Quarenta e oito horas após a mudança no novo comando do 3º Batalhão de Polícia Militar, em Itabaiana (SE), e parece que a sensação de segurança volta a se instalar na cidade serrana e demais áreas assistidas pela unidade.

As notícias recorrentes de homicídios têm dado lugar à divulgação de prisões, apreensões e operações voltadas à prevenção. De acordo com informações do capitão Franco, oficial responsável pela 4ª Companhia do 3º BPM, somente nas últimas horas dois menores foram aprendidos e um adulto foi preso por roubo, tendo as vítimas garantido os seus pertences.

Sobre a atividade preventiva, na noite da última quinta-feira (25) uma operação intitulada ‘Saturação' foi desencadeada nas cidades de Campo do Brito, São Domingos e Macambira, a fim de coibir a atuação de criminosos. Diversas abordagens foram realizadas em pontos distintos das cidades, com os militares atentando para o tráfego com ciclomotores, haja vista serem estes, nos últimos tempos, veículos preferidos dos elementos na execução dos delitos.

                                                “Polícia estará na rua, e bandido vai para o xadrez”, diz comandante.                   “Polícia estará na rua, e bandido vai para o xadrez”, diz comandante.

No tocante à extensão da ação em Itabaiana, o tenente-coronel Rolemberg, comandante do 3º BPM, afirmou que não haverá brecha para a atuação dos bandidos. "Há uma preocupação especial por parte do Estado com Itabaiana e eu vim para dar a resposta que a sociedade merece. Polícia tem que estar na rua, e bandido vai para o xadrez. A população verá através de nossas ações que chegamos para assegurar a ordem. Bandido que não quiser ser preso já pode ir embora do estado, porque o que estiver ao alcance da PM vai ser feito para isso", destacou Rolemberg.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo