Entretenimento

Sobre as dificuldades e o orgulho de ser mulher

Editorial, por Camila Oliveira.
por Redação do Portal Itnet
08/03/2016 13:07h

Segundo os historiadores, o Dia Internacional da Mulher surgiu devido a uma manifestação das operárias do setor têxtil nova-iorquino ocorrida em 8 de março de 1857 (segundo outras versões, em 1908), quando trabalhadoras ocuparam uma fábrica, em protesto contra as más condições de trabalho. A manifestação teria sido reprimida com extrema violência. Segundo essa versão, as operárias foram trancadas dentro do prédio, o qual foi, então, incendiado. Em consequência, cerca de 130 mulheres morreram.

Historicamente as mulheres sempre tiveram menos (ou nenhum) direito e foi preciso que milhares tenham morrido e continuem morrendo para que conseguissem entrar no mercado de trabalho ou ter direito a voto, por exemplo. Isso no mundo ocidental, pois no oriental muitas ainda vivem em condições precárias e sem quase nenhum direito.

Hoje, 8 de março, diversas manifestações de afeto e agradecimento acontece em todo mundo, os filhos agradecem as mães, os maridos as esposas e por ai vai. Agradecem pela comida na mesa, pela roupa lavada, pelo carinho prestado e pela dedicação. Um trabalho árduo e difícil que deve ser valorizado não só hoje, mas todos os dias do ano (inclusive repensado).

Mas no dia de hoje eu quero fazer diferente e agradecer a todas as mulheres que morreram para que hoje eu tivesse direito ao voto. Queria dar um abraço em todas as mulheres que enfrentaram as ruas e participaram de protestos para que hoje eu pudesse ter acesso ao mercado de trabalho, direito a educação e ter uma profissão. Para além disso, queria desejar um feliz dia das mulheres a todas as donas de casa que sustentam sozinhas a família e que precisa matar um leão por dia para educar os filhos e fazer o papel de Pai e Mãe. Desejo conforto ao coração de todas as mulheres que já sofreram algum abuso, que já sofreram violência e que mesmo assim permanecem firmes.

Esse dia além de tudo é uma data importante para que toda sociedade repense sobre as questões ainda não resolvidas sobre a mulher, que reflita sobre a violência, o machismo e também sobre a importância de fortalecer as mulheres em todos os espaços da sociedade.

Só uma mulher sabe o quanto é difícil ser mulher e nesse dia eu gostaria que todas elas tivessem orgulho de, apesar de todas as dificuldades, ser mulher.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo