Cidade

Exportações sergipanas apresentam alta em fevereiro em relação a 2015

O suco de laranja congelado foi o produto mais exportado do mês.
por Redação do Portal Itnet
10/03/2016 13:38h
Atualizado em 10/03/2016 13:43h

O desempenho da balança comercial de Sergipe no mês de fevereiro apresentou uma melhora em relação ao mesmo período de 2015. Segundo os dados divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e analisados pelo setor de Comércio Exterior da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (SEDETEC), as exportações sergipanas somaram US$ 6 milhões em fevereiro, valor 17,8% superior ao resultado apresentado em fevereiro de 2015. No acumulado do ano as exportações somam US$ 13,8 milhões, valor 43,8% superior ao valor somado no primeiro bimestre de 2015.

Exportações sergipanas apresentam alta em fevereiro em relação a 2015

O suco de laranja congelado foi o produto mais exportado do mês. Suas exportações somaram US$ 2,9 milhões. Este resultado é 62,7% superior ao valor somado em fevereiro de 2015 e seus compradores foram os Países Baixos, Irã, Japão Taiwan e Sri Lanka. O suco de abacaxi também ficou em evidência, já que somou US$ 828,6 mil em exportações. Este valor apresenta uma alta de 414,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Seus compradores foram os Países Baixos, Bélgica e Itália.

Além dos dois citados, a pauta ainda foi composta por mais 23 produtos. Entre eles estão calçados, alimentos, produtos de higiene pessoal, tecidos. No total, Sergipe exportou para 22 países, sendo os Países Baixos, EUA, Colômbia, Bélgica, Itália, Irã, Reino Unido, Bolívia e Polônia os 10 principais, responsáveis por 94,4% do valor total.

Já as importações somaram US$ 10,4 milhões em fevereiro, apresentando uma retração de 20,3% em relação ao mesmo período do ano anterior. No acumulado do ano as importações somam US$ 22,6 milhões, resultado 29,7% inferior ao valor somado no mesmo período de 2015.

O secretário Chico Dantas enaltece o trabalho realizado pela Sedetec com o objetivo de contribuir para a expansão da base exportadora de Sergipe, ao buscar, principalmente, uma maior participação dos empresários das micro, pequenas e médias empresas do Estado no cenário nacional e internacional. "O Governo do Estado através dos nossos técnicos, vem realizando, em parceria com as principais instituições de comércio exterior, seminários e cursos voltados para os empresários sergipanos que queiram exportar seus produtos. Estamos sempre à disposição para ajudá-los no que for preciso, a fim de inseri-los nesse mercado e contribuir para a geração de renda ", afirmou o secretário

Com informações da Secom.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo