Entretenimento

Músico itabaianense participa de gravação da novela Velho Chico da TV Globo

Participação deverá ser exibida nos primeiros capítulos da novela.
por Redação do Portal Itnet
10/03/2016 16:13h
Atualizado em 10/03/2016 16:21h

O músico itabaianense Jean Marques participou da gravação da novela "Velho Chico" da TV Globo prevista para estrear em 14 de março de 2016, substituindo A Regra do Jogo. A telenovela foi criada por Benedito Ruy Barbosa e Edmara Barbosa.

Músico itabaianense participa de gravação da novela Velho Chico

Jean atualmente reside em Salvador e faz parte da Orquestra Sinfônica da Bahia tocando o instrumento fagote. Segundo ele, a produção da orquestra foi contactada pela Globo e convidou alguns músicos para participar da novela.

Músico itabaianense participa de gravação da novela Velho Chico

Músico itabaianense participa de gravação da novela Velho Chico

As gravações ocorreram entre os dias 05 e 07 de fevereiro na cidade de São Francisco do Conde na Bahia. A participação de Jean acontece durante o sepultamento de Jacinto (Tarcísio Meira), assim como no casamento de Afrânio (Rodrigo Santoro).

O músico também faz parte da Sociedade Filarmônica 28 de Agosto (SOFIVA) da cidade de Itabaiana.

Sinopse da Novela Velho Chico

A novela será ambientada na cidade fictícia de Grotas, vizinha à cidade de Bom Jesus da Lapa, e se dividirá em três fases, tendo como principal tema a transposição do Rio São Francisco e um romance proibido envolvendo famílias rivais.

A primeira fase da Novela Velho Chico se dá na década de 70, quando a Usina Hidrelétrica de Sobradinho é construída e desapropria muitos moradores das cidades do entorno dessa obra. Quem poderia fazer algo contra a construção da usina, é o Jacinto (Tarcísio Meira), um coronel que comanda Grotas, nada fez pois seria o maior beneficiado, lucrando com a construção em suas terras.

A segunda fase da Novela Velho Chico se passa no final da década de 80. O Coronel Jacinto entra com conflito com o próprio filho, Afrânio Vilela (Rodrigo Santoro), pois este tem ideais contrários aos do pai. É justamente nesta fase da novela que se dá a sucessão do pai (o coronel Jacinto) pelo seu filho, este passando a cuidar dos negócios do pai, em razão da idade avançada. Afrânio (Rodrigo Santoro) casa-se com Iolanda (Carol Castro). Dessa relação nasce Raul (Pablo Morais) e Maria Tereza (Júlia Dalavia). Maria Tereza se apaixona por Santo (Renato Góes), irmão de Bento (Irandhir Santos). Santo é filho de um inimigo de seu pai, que é justamente a família que agita as manifestações em prol do Velho Chico, configurando, portanto, um romance proibido, pois ambas as famílias são contra o relacionamento dos dois.

Já a terceira fase da Novela Velho Chico se passa nos dias atuais, com Afrânio (Antônio Fagundes), corrompendo-se pela política (afinal se transformou no maior apoiador da transposição do Rio São Francisco) e entrando em conflito com seus dois filhos, Raul (Marcos Palmeira) e Maria Tereza (Camila Pitanga). Afrânio e Iolanda (Christiane Torloni) tem em Raul um grande problema, pois ele é universitário, estudado, e tem ideais bem diferentes do pai, sendo contra a transposição do Rio São Francisco, defendendo causas ambientais. Maria Tereza, acabou casando-se com Carlos Eduardo (Marcelo Serrado), e dessa relação nasceu o jovem Miguel (Gabriel Leone). Santo, por sua vez, nunca aceitou o fim da relacionamento com Maria Tereza e não vai desistir de seduzi-la, mesmo casada com Carlos Eduardo. Santo será o vilão da Novela.

 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo