Carga clandestina de aves é apreendida na BR-235

Cerca de 200 mil galinhas precisaram ser sacrificadas a fim de não colocar em risco a sanidade avícola do estado.
por Redação do Portal Itnet
31/03/2016 08:22h
Atualizado em 31/03/2016 08:28h

 Carga clandestina de aves é apreendida na BR-235

Carga era originária da Bahia

Foto: Divulgação PM/SE

Por Iane Gois

Durante operações de rotina realizadas por fiscais da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro) foram apreendidas na madrugada da última quarta-feira (30) cerca de 2000 galinhas vindas da Bahia que estariam entrando no estado de Sergipe de forma clandestina e, consequentemente, colocando em risco a sanidade avícola do estado.

De acordo com Salete Dezem, Diretora de Defesa Vegetal do órgão, a carga estava disposta em dois caminhões que foram interceptados entre Carira e Frei Paulo, infringindo a Portaria que proíbe que aves adultas cheguem à região por outra via que não seja o corredor sanitário, a BR-101 com entrada em Cristinápolis e saída em Propriá.

A ausência de registro da carga, bem como de guia de trânsito, levaram à atuação e pagamento de multa de aproximadamente R$ 8 mil por caminhão, além do valor referente ao sacríficio das aves, que foram encaminhadas ao abatedouro de São Cristovão para destruição.

Ainda segundo Salete, essa foi a terceira carga confiscada da semana santa até agora, tendo em vista que outras 800 aves originárias de Arapiraca (AL) foram apreendidas na quinta-feira (24) no município de Telha.

As operações têm tido o apoio da polícia militar, a fim de garantir a ordem, uma vez que os profissionais responsáveis pela vistoria fazem o trabalho na madrugada e não dispõem de porte legal de arma de fogo.

Na ação da quinta (30) toda a inspeção foi assistida por policiais militares do 3º Batalhão, comandados pelo tenente-coronel PM Carlos Rolemberg.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo