Saúde e Ciência

Zika pode estar ligada a mais uma doença neurológica

Mais grave do que a Síndrome de Guillian-Barré, doença deixará sequelas em 100% dos casos, segundo neurologista.
por Redação do Portal Itnet
11/04/2016 08:28h
Atualizado em 11/04/2016 08:32h

Zika pode estar ligada a mais uma doença neurológica

Por Iane Gois

Não bastassem a microcefalia e a Síndrome de Guillain-Barré, estudos recentes apresentaram a possibilidade de uma outra doença neurológica estar ligada ao vírus Zika: a encefalomielite aguda disseminada. O estudo será divulgado ainda essa semana na Reunião Anual da Academia Americana de Neurologia em Vancouver, no Canadá.

Em Recife, a neurologista Maria Lucia Brito Ferreira, médica no Hospital da Restauração, já identificou dois casos da doença em pacientes com sorologia positiva para a Zika, o que de acordo com a profissional, se faz mais uma evidência da predileção do vírus em atacar o sistema nervoso.

A encefalomielite aguda disseminada é uma enfermidade grave que acomete o cérebro e a medula espinhal com o ataque da mielina, substância que reveste as células nervosas, fato que explica grande parte dos pacientes ficar com sequelas motoras, cognitivas ou visuais com grau variado entre leve e severo.

De acordo com a neurologista, a encefalomielite chega a ser pior do que a Guillain-Barré "porque o paciente pode até sair daquele quadro, mas sempre vai ter sequela". Já em casos do Guillain-Barré, cerca de 80% dos pacientes reagem e se mantêm sem sequelas.

Fonte: Bem Estar

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo