Governo paga fatura e concessionária religa energia elétrica no Jacarecica

Perímetro irrigado do Piauí em Lagarto também estar sendo reenergizado.
por Redação do Portal Itnet
27/04/2016 16:43h
Atualizado em 27/04/2016 16:58h

Por Aparecido Santana, redação Itnet.

Após reunião realizada na manhã desta quarta-feira, dia 27, o Governo do Estado quitou a dívida com a Energisa e a concessionária restabeleceu o fornecimento de energia elétrica no perímetro irrigado do Jacarecica, em Itabaiana, no agreste do estado.

Governo paga fatura e concessionária religa energia elétrica no Jacarecica

O Analista de Comunicação da Energisa, André Brito, confirmou o pagamento e informou que a situação do Jacarecica foi resolvida e no Perímetro do Piauí em Lagarto uma equipe estar trabalhando nesta quarta-feira, para que seja reenergizado.

Desde a última sexta-feira, dia 22, o Governo quitou parte da dívida e o sistema da Ribeira teve a energia normalizada. Mas os demais perímetros continuaram sem o fornecimento de energia e os produtores foram prejudicados.

De acordo com Mardoqueu Bodano, diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento de recursos Hídricos e Irrigação de Sergipe (Cohidro), houve uma reunião nesta quarta-feira, com o vice-governador Belivaldo Chagas, em que participaram agricultores, a ouvidoria do Estado, presidente do sindicato dos irrigantes e entre outros, e foi discutido soluções para o problema.

Mardoqueu relata que há cerca de 15 anos o Estado tem feito esse pagamento como uma forma de ajudar aos irrigantes com baixas condições financeiras. No entanto, com a queda do FPE e ICMS, o Governo tem enfrentado dificuldade para o pagamento. Ainda segundo ele, nos próximos meses será feito um pagamento individual por parte dos irrigantes para que eles também possam contribuir com o valor total. Somente do consumo do mês de fevereiro foi pago o valor de R$ 672,176,92.

Há 13 dias os produtores do Jacarecica I estavam sem água em virtude do corte de energia. “A nossa sobrevivência lá no perímetro é a irrigação e quando a gente não têm água sofre com isso”, relata Dernival.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo