Política

Deputado recua e mantém decisão pelo impeachment

Senado decidirá na quarta (11) se afastará Dilma da presidência por 180 dias.
por Redação do Portal Itnet
10/05/2016 06:58h

Deputado recua e mantém decisão pelo impeachment            Deputado recua e mantém decisão pelo impeachment 

Ofício do presidente interino da Câmara, Waldir Maranhão, com a revogação da decisão de anular a sessão que aprovou abertura do processo de impeachment (Foto: Reprodução)

Por Iane Gois

A decisão por parte do presidente interino da Câmara Federal, Waldir Maranhão (PP), pela anulação da votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) anunciada no início da tarde da última segunda-feira (09) gerou polêmica entre a classe política e se estendeu à sociedade civil.

Chegando a haver protocolo no Supremo Tribunal Federal (STF) com pedido de derrubada da medida adotada, Maranhão Recuou e, na madrugada desta terça-feira (11), decidiu pela revogação da determinação que considerava ser uma forma de "salvar a democracia".

Para o presidente no Senado, Renan Calheiros (PMDB), a medida foi considerada "intempestiva" e, ainda que não fosse anulada, a leitura do resumo do relatório e a sessão do plenário desta quarta-feira estariam mantidas.

 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo