Policial

Violência estoura em SE e ocorrências de homicídios só aumentam

No plantão do IML no fim de semana foram contabilizadas 12 mortes com emprego de violência no estado.
por Redação do Portal Itnet
23/05/2016 11:37h

Por Iane Gois

Corriqueiramente os boletins de plantões de fim de semana do Instituto Médico Legal Dr. Augusto Leite, em Aracaju (SE), confirmam a sensação de insegurança a qual o cidadão sergipano está sendo obrigado a vivenciar, contrastando com a ‘maquiagem' exposta em textos jornalísticos e pronunciamentos que fazem de números mera utopia.

Prova inconteste se faz nas 12 mortes com emprego de violência ocorridas no estado nas últimas 72 horas, quantitativo que representa quase 53% do número geral de ocorrências registradas no IML no período mencionado. Em Itabaiana, apesar de quase quatro dias sem incidência de crimes dessa natureza, o índice criminal já beira os 50 assassinatos em 2016.

Não obstante às execuções, roubo de veículos, arrombamentos a estabelecimentos comerciais, sequestros relâmpos, assaltos à mão armada, tentativas de homicídio, dentre tantas outras incidências, mais parecem ser de conhecimento somente da população e integrar apenas a estatística de quem, informalmente, pontua no papel os fatos.

Viaturas fazem ronda preventiva, mas a criminalidade aparenta não ter mais receio da Lei e os próprios agentes de segurança acabam sendo reféns da violência descompensada, tendo muitas vezes que pedir para não ser reconhecido e assim driblar a morte.

Desde a sexta-feira (20) até o domingo (22) extermínios foram registrados em Carira, Aracaju (4), Estância, Areia Branca, Santana de São Francisco, Campo do Brito, Tobias Barreto e Nossa Senhora do Socorro (2), tendo sido utilizadas arma branca e arma de fogo nos crimes.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo