Cidade

Bienal do livro de Itabaiana se imaterializa na cultura de SE

Projeto de Lei da deputada Maria Mendonça foi aprovado no plenário da Alese e aguarda a sanção.
por Redação do Portal Itnet
14/06/2016 07:58h

Por Iane Gois

Iniciada de forma experimental por amantes da cultura, a Bienal do Livro de Itabaiana ganhou adeptos, "tomou corpo" e, em proporções gigantescas, em apenas três edições, saiu do "celeiro serrano" para o mundo, deixando de ser uma reunião de literários e admiradores para, de forma oficial, se imaterializar na história de Sergipe.

Além do espaço no calendário de eventos culturais do estado, a Bienal do Livro agora é patrimônio Cultural e Imaterial de Sergipe, graças à iniciativa da deputada estadual Maria Mendonça (PP) em levar ao plenário da Assembleia Legislativa (Alese) a solicitação de reconhecimento, através do Projeto de Lei nº 84/2015, que agora aguarda somente a sanção do governo do Estado.

"Incontestavelmente o que se pleiteia é tão somente que se faça valer um dos seus deveres, quais seja, incentivar, preservar e valorizar as manifestações culturais nele disseminadas", ressaltou a deputada na justificativa.

Para o sociólogo e empresário Jamysson Machado, um dos criadores do encontro, o reconhecimento é um prêmio para os itabaianenses, mas, acima de tudo, é a marca de cada sergipano para a disseminação do que há de melhor na menor, mas gigante, unidade federativa do país.

"Assim como fomos honrados com o título de Capital Nacional do Caminhão, agora Itabaiana vê a sua Bienal se imortalizar e isso nos enche de orgulho. Mas não é orgulho pela iniciativa da realização, é por ver a cada dia o nome dessa terra sendo valorizado, o seu povo sendo reconhecido, novos talentos sendo descobertos, o folclore sendo resgatado", disse ele, que concluiu: "valeu a pena todos os esforços. O meu obrigado, em nome dos itabaianenses à deputada Maria Mendonça e aos demais que aderiram ao requerimento. Agora somos todos protagonistas de um enredo chamado sucesso", destacou Jamysson.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo