Acusado de matar Arnaldo baterias pede perdão à família da vítima

Crime aconteceu na última sexta-feira (1º), após assalto na porta da residência do comerciante.
por Redação do Portal Itnet
05/07/2016 13:14h

Por Iane Gois

Chorando, pedindo perdão e sob a justificativa de que atirou a mando dos comparsas menores infratores, Luiz Fernando Silva, 22 anos, vulgo "Nando", acusado de matar o empresário itabaianense Arnaldo de Oliveira, 54 anos, conhecido como Arnaldo Baterias, crime ocorrido na última sexta-feira (1º), diz estar arrependido do delito e, desplantemente, se desculpa com familiares da vítima.

A súplica foi feita durante entrevista ao repórter Marcos Couto, em matéria jornalística veiculada no Cidade Alerta Sergipe. Relatando que não queria executar Arnaldo, Nando afirmou que o comerciante chegou a ficar de joelhos, mas por pressão dos outros o latrocínio foi registrado.

"Me desculpe, eu não matei querendo não. Eu matei mais por causa dos de menor", ponderou o jovem.

Assista:

Imagens reproduzidas do A8.se

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo