Educação

Jovem sergipano é selecionado pela ONU a falar sobre Meio Ambiente

Ele foi um dos vencedores de concurso de redação sobre papel da habilidade multilíngue na promoção da cidadania global.
por Redação do Portal Itnet
18/07/2016 15:54h

O jovem José Ildo de Oliveira Júnior, estudante de Relações Internacionais pela Universidade Federal de Sergipe (UFS) foi um dos 60 universitários de todo o mundo escolhido para participar do Fórum Global da Juventude do Impacto Acadêmico das Nações Unidas, que acontecerá entre os dias 25 e 31 de julho, em Nova York.

ildo

Ildo Júnior nasceu em Itabaiana, mora em Ribeirópolis e sua família tem raízes nos povoados Arari e Cruz das Graças, em Nossa Senhora Aparecida. Estudou o ensino médio na Escola Estadual João XXIII, em Ribeirópolis e desde 2013 vive na capital Sergipana, onde estuda e realiza pesquisa pela UFS.

Júnior foi um dos vencedores da terceira edição do "Many languages, one world", um concurso de redação que trata do papel que a habilidade multilíngue desempenha na promoção da cidadania global e entendimento cultural. A redação deveria ser escrita de acordo com um dos seis idiomas oficiais da ONU: inglês, francês, espanhol, russo, árabe e chinês.

O estudante descobriu o concurso pela internet depois que viu a publicação em uma rede social e percebeu que se encaixava nos critérios. Ele optou pelo francês, idioma que aprendeu por conta própria. Afirma ainda ter domínio do inglês e espanhol. "Escolhi o francês pela questão do desafio. Já tinha escrito em espanhol, inglês, mas nunca em francês e essa foi a primeira vez. E como a proposta era de fato praticar a habilidade multilíngue, eu disse: ‘por que não?'".

Sua redação intitulada "Plusieurs Langues, Un Seul Monde" (Muitas línguas, um só mundo) tratou sobre o papel que a habilidade multilíngue exerce na promoção entre diferentes comunidades, no respeito à diversidade cultural e na construção de uma educação que reflita os problemas e benefícios acarretados pelas interdependências mundiais.

Todos os participantes assinaram um termo de direito de uso e por conta disso a redação só pode ser divulgada pela ONU.

Por Itnet, com informações da UFS.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo