Cidade

Adepol pagará R$ 30 mil por informações sobre homicídio de delegado

Elucidação do caso está sendo tratada como prioridade e questão de honra.
por Redação do Portal Itnet
20/07/2016 08:03h

Por Iane Gois

Tratando a elucidação do assassinato do delegado de polícia Ademir Melo Júnior, ocorrido na noite da última segunda-feira (18), em Aracaju (SE), como questão de honra, a Associação dos Delegados de Polícia Civil de Sergipe (Adepol), através do seu presidente, Paulo Márcio, e associados está oferecendo uma recompensa financeira a quem levar a polícia à identificação do autor dos três disparos que ceifaram a vida do representante da justiça sergipana.

São R$ 30 mil a serem pagos por dados concretos e relevantes sobre o caso, de acordo com Paulo Márcio. Ainda segundo o presidente, a formulação de um convênio irá possibilitar que a denúncia possa ser feita gratuitamente através 181.

Apesar de câmeras de segurança terem flagrado o autor, a polícia não tem nenhuma pista de quem seja, de acordo com informações repassadas pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), que garantiu não medir esforços para que o criminoso seja responsabilizado pela ação covarde e brutal.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo