Itabaiana (SE): Estudantes fazem mobilização pedindo compromisso com a educação

Alunos da zona rural estão impossibilitados de assistir às aulas porque não há transporte escolar para fazer o deslocamento.
por Redação do Portal Itnet
26/07/2016 09:06h

Estudantes saem às ruas e denunciam descaso do governo com a educação

Alunos fazem protesto pelas ruas de Itabaiana (SE)

Fotos: Alef Andrade

Por Iane Gois

Com apitos, uniformizados com fardamento escolar, segurando faixas e cartazes em clamor por um olhar pela educação por parte do governador Jackson Barreto (PMDB), estudantes da rede estadual de ensino de Sergipe, há cerca de três semanas sem transporte escolar, tomam as ruas de Itabaiana (SE) na manhã desta terça-feira (26) em um ato de repúdio ao atraso salarial dos motoristas que prestam serviço ao Estado, os quais há três meses não recebem seus vencimentos e, em decorrência, foram obrigados a paralisar a prestação, realidade que atinge diretamente os discentes.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (SINTESE), centenas de estudantes estão sendo prejudicados por conta da ausência de transporte para deslocamento dos povoados até a sede do município, uma vez que as aulas são ministradas normalmente, inclusive havendo aplicação de provas, assim como os trabalhadores, que são obrigados a cumprir a atividade, mas não final do mês não recebem o pagamento.

Estudantes saem às ruas e denunciam descaso do governo com a educação

Representando o SINTESE, Enivalda esclarece que Ato não é crítica aos trabalhadores

Em total apoio à mobilização, em carro de som que segue o percurso, representantes do SINTESE enfatizam que o ato "não é uma crítica aos trabalhadores, mas um repúdio ao governador Jackson Barreto" que não tem priorizado a educação, parte de um conjunto de direitos constitucionalmente assegurados, nominado direitos sociais, que têm como inspiração o valor da igualdade entre as pessoas.

Em contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Educação (Seed), a informação repassada ao portal de notícias Itnet por Elton Coelho foi de que a previsão é que até a próxima semana possa haver o repasse, normalizando a situação.

"Nós reconhecemos a dívida e ainda não temos uma solução, porque se trata de um problema causado pela falta de recursos oriunda do repasse por parte da Secretaria da Fazenda. Infelizmente não e só uma dificuldade no segmento da educação, mas da saúde, segurança pública, um problema de caixa", disse o assessor, que assegurou haver uma abertura no sentido de diálogo com a categoria e a previsão de que na próxima semana os motoristas sejam pagos e assim retomem a prestação de serviço.

Paralisação anterior

No último 23 de maio a categoria já havia paralisado a atividade, uma vez que, mesmo tendo se comprometido com o Ministério Público Estadual com o funcionamento regular do transporte escolar de Itabaiana, a Seed não conseguiu deixar em dias os vencimentos dos condutores.

Após negociações, os motoristas acataram a proposta do Estado, e mesmo sem receber a dívida em sua totalidade voltaram a transportar os estudantes.

            Estudantes saem às ruas e denunciam descaso do governo com a educação     Estudantes saem às ruas e denunciam descaso do governo com a educação

            Estudantes saem às ruas e denunciam descaso do governo com a educação     Estudantes saem às ruas e denunciam descaso do governo com a educação

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo