Cidade

Temer assegura que não será candidato em 2018

Presidente em exercício diz que esforos estão voltados para a retomada do crescimento do país.
por Redação do Portal Itnet
01/08/2016 10:12h

O presidente em exercício, Michel Temer, divulgou neste domingo (31) por meio do site do Palácio do Planalto nota oficial na qual reitera que não tem intenção de disputar a eleição presidencial de 2018.

Em entrevista publicada na edição deste domingo do jornal "O Estado de S. Paulo", o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que, se conseguir elevar os índices de aprovação do governo, Temer seria o candidato natural dos partidos da base governista no Congresso.

"Eu sei que ele vai brigar comigo por estar dizendo isso, mas, olhando o cenário de hoje, e projetando 2018, o Michel vai ter dificuldade em negar esse pleito por parte dos partidos que compõem a base. É a única candidatura que pode unificar a base do governo", afirmou Maia, segundo o jornal.

Na nota, Temer se diz "honrado" com a indicação, mas afirma que, se o Senado aprovar o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, pretende somente completar o atual mandato.

"Não cogito disputar a reeleição. Todos meus esforços, e de meu governo, estão voltados exclusivamente para garantir que o Brasil retome a rota do crescimento e seja pacificado", afirmou Temer no texto.

Leia abaixo a íntegra da nota de Michel Temer:

"Fico honrado com a lembrança de meu nome como possível candidato em 2018. Mas reitero, uma vez mais, que apenas me cabe cumprir o dever constitucional de completar o mandato presidencial, se o Senado Federal assim o decidir. Não cogito disputar a reeleição. Todos meus esforços, e de meu governo, estão voltados exclusivamente para garantir que o Brasil retome a rota do crescimento e seja pacificado".

Michel Temer

DO G1, em Brasília

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo