Policial

Renúncia ou Destituição? Coronel da PMSE com um pé fora do Comando

Marcony Cabral está há quase seis meses à frente da corporação no estado.
por Redação do Portal Itnet
05/08/2016 10:10h

Por Iane Gois

Prestes a completar seis meses no comando geral da Polícia Militar de Sergipe, o coronel Marcony Cabral parece estar com os dias contados à frente da corporação militar, segundo informação repassada ao jornalista Habacuque Villacorte.

De acordo com a fonte, o coronel teria afirmado estar disposto a apoiar o movimento militar pela reivindicação da progressão por tempo de serviço na carreira, bem como pela implementação do subsídio e, caso o Governo não ceda às exigências, a renúncia do comando já se faz decisão.

Contudo, fontes ligadas ao jornalismo do portal Itnet asseguram que a troca do comando já estava prevista, sendo a abdicação uma "carta na manga" utilizada pelo coronel para ficar bem perante os subordinados.

Os nomes dos coronéis PM Lúcio Monteiro, Rocha e Paulo Paiva foram mencionados como mais prováveis ante a reformulação.

A categoria militar aguarda um posicionamento do Governo no sentido das negociações e, caso não haja favorabilidade, já está previsto para a segunda-feira (08) o início do movimento Polícia Legal, que limita as atividades aos recursos existentes.

Prezando pela ética e responsabilidade na comunicação, tentamos contato com o coronel PM Paulo Paiva, relações públicas na corporação, mas por estar participando de uma reunião não se fez possível o posicionamento. Assim, o portal se coloca à disposição através do jornalismo@itnet.com.br para possível resposta.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo