Itabaiana (SE): Getam e Posto de Identificação: ideologia ou utopia?

Com solenidades previstas para esta quarta (17), sociedade espera não ser vítima de novo marketing político.
por Redação do Portal Itnet
16/08/2016 10:22h

Por Iane Gois

A solenidade de inauguração da base do Grupamento Especial Tático de Motos (Getam) de Itabaiana (SE) vem se arrastando desde fevereiro do corrente ano, quando o Secretário de Estado da Segurança Pública à época, Mendonça Prado, esteve no município para uma prévia estreia, um ato burocrático que em nada reforçou a segurança pública na cidade, inclusive sem a estrutura devida de trabalho.

Incitando a esperança dos cidadãos serranos, mais uma possibilidade da chegada dos cavaleiros de aço foi alardeada com a divulgação oficial pelo Estado, marcada para 15/07, quando também seria revelada a sucessão temporária do Governo de Estado com o itabaianense Luciano Bispo de Lima (PMDB) na liderança, e oficialmente entregue o Posto Regional de Identificação. Contudo, ante as especulações do afastamento de Luciano da Assembleia Legislativa (Alese) dois passos para trás foram dados: o primeiro pela "desistência" da substituição, e o segundo pelo cancelamento das entregas.

Reascendendo a chama da expectativa, está prevista para esta quarta-feira (17) a vinda do governador Jackson Barreto (PMDB) ao município serrano para finalmente cumprir a promessa e, quem sabe assim, devolver aos itabaianenses a sensação de segurança e o direito à cidadania.

As tão sonhadas motos que há meses estavam sob processo licitatório e que, parcialmente, desafogarão os militares do 3º Batalhão de Polícia Militar, enfim parece que serão entregues, mas a cúpula parece não ter atentado para o fato de os veículos necessitarem de condutores.

Como fazer quando se tem o transporte, mas o efetivo permanece imutável? Tirar de uma base e deslocar para outra far-se-á tão somente manter o ‘jeitinho brasileiro', principalmente quando no planejamento orçamentário anual não há sequer a previsão de criação do Grupamento.

Estão criando uma ‘nova polícia' para mascarar a desvalorização da que já existe, ou será o excelente marketing político já sendo força no processo de alienação social?

Enfim, pacientes, resta aos itabaianenses manter a fé em Deus pela chegada do 17/08, às 16h. Que as ideologias de segurança e cidadania não permaneçam meras utopias.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo