Policial

Mapa da Violência aponta Ribeirópolis como a cidade mais violenta do estado

Cidade sergipana aparece como a 42ª mais violenta em todo o Brasil.
por Redação do Portal Itnet
25/08/2016 14:04h

Por Aparecido Santana, redação Itnet.

O Mapa da Violência de 2016, produzido pela Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), sob coordenação do sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, indica que Sergipe é o 3º estado mais violento do Brasil. No âmbito estadual, o município de Ribeirópolis lidera como a cidade mais violenta.

mapa da violencia

Nesta edição, a equipe se debruçou sobre a evolução dos homicídios por armas e fogo no Brasil entre 1980 e 2014, também estudando a incidência de vários fatores como sexo, cor e idade das vítimas. A fonte básica dos dados é o Subsistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM/MS), cujos dados são divulgados anualmente desde 1979. 

O estado de Sergipe saiu da 6ª para a 3ª posição no ranking. No relatório referente ao ano de 2014, o estado registrou 41,2 no número de homicídios por 100 mil habitantes, ficando atrás apenas do Ceará com 42,9 e de Alagoas com 56,1.

Como a cidade mais violenta de Sergipe aparece Ribeirópolis com 3 assassinatos em 2012, 05 em 2013, e assustadoramente sobiu para 26 em 2014, com uma taxa de 63,3%, homicídios/100 mil habitantes. Em segundo ficou Areia branca, com 56,6 homicídios/100 mil habitantes e Itabaiana na 7ª posição com 47,6 homicídios/100 mil habitantes.

Cidades sergipanas citadas no relatório: 42º - Ribeirópolis - 63,3 homicídios/100 mil habitantes 62º - Areia Branca – 56,6 homicídios/100 mil habitantes 91º – Laranjeiras – 50,7 homicídios/100 mil habitantes 94º – Moita Bonita  – 50,4 homicídios/100 mil habitantes 115º – Santo Amaro das Brotas – 48 homicídios/100 mil habitantes 118º – Propriá – 47,9 homicídios/100 mil habitantes 121º – Itabaiana – 47,6 homicídios/100 mil habitantes 128º – Aracaju– 46,7 homicídios/100 mil habitantes

Os dados indicam ainda que, Fortaleza (CE) foi a capital com maior taxa de homicídios por armas de fogo em 2014, com 81,5 vítimas a cada 100 mil habitantes, Recife (PE), que em 2004 liderava a lista, caiu para a 13ª posição. A taxa de homicídios por arma de fogo na cidade caiu de 77,8, naquele ano, para 35,8 em 2014; Boa Vista (RR) foi a capital com a menor taxa de homicídios por arma de fogo em 2014, com 9,1 para cada 100 mil habitantes; Alagoas foi o estado com maior taxa de homicídios por arma de fogo em 2014, com 56,1 mortes para cada 100 mil habitantes; o estado do Rio de Janeiro, que em 2004 liderava a lista, caiu para a 15ª posição. A taxa no estado caiu de 47, naquele ano, para 21,5 em 2014 e Santa Catarina foi o estado com menor taxa de homicídios por arma de fogo em 2014, com 7,5 mortes para cada 100 mil habitantes.

Em relação aos dados, a Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP), comenta que o primeiro semestre de 2016 registrou estabilidade na contagem de homicídios, e que os homicídios dolosos contra a vida não subiram no estado, algo não registrado nos últimos cinco anos.

Ainda de acordo com a SSP, nos últimos anos o estado tem realizado concursos públicos para as Polícias Civil e Militar, e com isso se torna possível estagnar o número de crimes. 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo