Política

Márcio Macêdo: 'Envergonhado, Senado não retirou direitos políticos de Dilma'

Sergipano lamentou a decisão tomada pela maioria dos senadores que cassou o mandato da petista.
por Redação do Portal Itnet
31/08/2016 16:07h

O secretário nacional de Finanças do PT, Márcio Macêdo, acompanhou a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, nesta quarta-feira (31), no Palácio da Alvorada, ao lado de lideranças políticas e da própria Dilma. 

marcio macedo

"O Senado cassou uma presidenta sem crime. Envergonhado, não retirou os direitos políticos de Dilma Rousseff", afirmou ele, em publicação nas redes sociais.

Márcio lembrou que participou da posse de Dilma em 2011, quando ele também assumiu um mandato, o de deputado federal. "Estive no Palácio para testemunhar a primeira mulher subir a rampa do Planalto. Hoje estou no Palácio da Alvorada para resistir e denunciar o golpe parlamentar no nosso país. A luta continua", afirmou.

Desde o início da semana, Márcio Macêdo tem participado de atos de resistência ao impeachment. Na segunda (29), ele representou a Executiva Nacional do PT no Ato contra o Golpe, em frente ao Congresso Nacional.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo