Política

Itabaianense tem preferência do eleitorado estanciano

Diferença percentual entre Gilson Andrade e Carlos Magno supera 24%, segundo Dataform.
por Redação do Portal Itnet
08/09/2016 13:00h

Itabaianense tem preferência popular do eleitorado estanciano

Imagem extraída do Cinform, edição 1743

Por Iane Gois DRT 1458/SE

Registrada sob o número 00066/2016 na Justiça Eleitoral de Sergipe, a pesquisa do Instituto Dataform encomendada pela Indústria Gráfica e Editora Nordeste Ltda/Matapuã aponta o itabaianense Gilson Andrade (PTC) como favorito à Prefeitura de Estância nas eleições de outubro.

Segundo os dados, dos 400 entrevistados ouvidos em 31 de agosto 49,25% apontaram, de forma estimulada, Gilson como preferido e 18% destinaram ao oponente Carlos Magno (PSB), que briga pela reeleição, as intenções de votos. 8,25% se mostraram indecisos, 6% afirmaram votar nulo ou branco, e 8,75% não souberam ou preferiram não responder. Já Titó (PPL) teve 1,25% e Márcio Souza (PSOL) 8,50%.

O estudo ainda levantou o índice de satisfação popular quanto a atual gestão, que revelou o descontentamento de 66,50% dos entrevistados, dos quais 26,25% consideram a administração de Magno como péssima, 19,25% afirmam ser ruim e 21% regular. A boa avaliação foi identificada por 23% dos ouvidos, sendo que 3,75% julgaram como ótima e 6,75% não souberam ou não responderam.

No questionamento espontâneo o Dataform também teve o nome de Gilson Andrade como mais citado, quando 38,75% atestaram nominalmente a escolha. Carlos Magno teve 14% da preferência, 14,50% se mostraram indecisos, 18,50% não souberam ou não quiseram responder, 8% optaram pela nulidade ou branco. Márcio Souza teve 5,50%, Ivan Leite 0,50% e Drª Cleide 0,25%.

Essa é a segunda vez que Gilson e Carlos se enfretam na disputa pelo majoritário. Em 2012 o candidato do PSB levou a melhor, mas aparece agora, de acordo com as estatísticas acima, como o mais rejeitado.

*5% são colocados como probabilidade de erro e 95% como intervalo de confiança.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo