Eleições

'Azaleia fechou por Governo negar a prorrogação da isenção', diz Antônio Passos

Candidato falou sobre o assunto durante entrevista ao Portal Itnet.
por Redação do Portal Itnet
12/09/2016 19:04h

O candidato Antônio Passos (DEM), que representa a Coligação Ribeirópolis em Boas Mãos na disputa pelo majoritário local destacou que em sua administração irá lutar junto as autoridades do estado para que através do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial possa investir no setor secundário no município ribeiropolense e criticou o fechamento da fábrica no município que gerava cerca de 400 empregos.

 

"Perdemos a azaleia porque a empresa pedia a prorrogação da isenção fiscal e o Governo negou e as vagas saíram de Sergipe para o Ceará, se o Governo tivesse a sensibilidade e colocado a disposição da empresa a prorrogação. Se o Governador fosse mais inteligente teria colocado até o final da administração e a indústria ficaria funcionando no município.

O candidato Antônio Passos citou a saúde pública como um dos principais problemas atuais da cidade de Ribeirópolis, e que afeta principalmente as pessoas mais carentes que não tem o poder aquisitivo de ir atrás de uma instituição privada. Segundo ele, o hospital que já foi referência em Sergipe tem enfrentando a falta de profissionais e não tem funcionado como antes, em que se faziam cerca de 300 pequenas e médias cirurgias e atendia pessoas de diversos municípios sergipanos. "Como prefeito vamos tentar sensibilizar o Governo porque uma casa daquela precisa ter vida e tendo vida nós vamos curar vários pacientes não só de Ribeirópolis, mas de toda região".

Em relação a educação disse ser um problema de gestão. "Voltar a ter a história que teve o Colégio Josué Passos da rede municipal de ensino como referência em Sergipe é da competência do município e o que for da competência municipal nos trataremos com zelo e determinação", enfatiza.

Em relação à Segurança Pública, o candidato disse se tratar de uma competência do Governo através da SSP, mas que o prefeito de Ribeirópolis pode ser um parceiro auxiliando o Estado, por exemplo, com o combustível ou na colocação de câmeras de segurança na cidade para identificar possíveis infratores.

Gostou? Compartilhe:

Veja Também
Comentários