Adolescente morto por engano possuía registro por receptação, diz polícia

Execução aconteceu na última segunda-feira (13) na área conhecida como Rua de Maraba.
por Redação do Portal Itnet
13/09/2016 14:17h

Adolescente morto por engano tinha antecedentes criminais, diz polícia

Foto reproduzida das redes sociais

Por Iane Gois DRT 1458/SE

Supostamente executado por engano na última segunda-feira (12), na Rua Gumercindo de Oliveira (Rua de Maraba), a 79ª vítima de homicídio em Itabaiana (SE), identificada como Gabriel Costa Teles, 17 anos, possuía registro na Delegacia por receptação, segundo revelou o delegado Marcos Garcia ao portal Itnet, que falou da apreensão do menor na trezena por estar com veículo com restrição. 

Gabriel foi morto enquanto se encontrava em uma pastelaria na companhia de um amigo, já identificado pela polícia, que seria o verdadeiro alvo dos bandidos. De acordo com Garcia, o outro jovem, que estava na mira dos criminosos, já teria sofrido outras três tentativas de morte e talvez tenha percebido alguma anormalidade na área, "pedindo que Gabriel fosse pegar o carro estacionado há alguns metros".

Foi ao retornar com o veículo Fiat Uno licenciado em Itabaiana que o jovem foi surpreendido por uma dupla em uma moto e os disparos de arma de fogo foram deflagrados pelo carona.

Na ação uma criança foi atingida de raspão e encaminhada ao Hospital Doutor Pedro Garcia Moreno Filho.

A polícia civil segue com as investigações para elucidar o crime.

*Ante ao menor ser atribuída a terminologia ato infracional,  a matéria foi alterada para as devidas correções. 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo