Entretenimento

Rodrigo Peninha é premiado em Festival de Música Popular de Lagarto

O jovem talento sergipano lançará seu primeiro CD intitulado SUTAQUE no dia 04 de novembro em Aracaju-SE.
por Redação do Portal Itnet
16/09/2016 15:10h
Atualizado em 16/09/2016 15:13h

O músico/compositor Rodrigo Peninha foi um dos premiados no 6° FLAMP – Festival de Música Popular de Lagarto – SE, que ocorreu entre 07 e 11 de setembro. 

Tendo classificado duas composições – “Prazer Viver em Aracaju” e “Na frente da Rua da Frente” – foi premiado com a última, que foi eleita como a melhor letra entre todas as composições inscritas no Festival.

Confira a letra premiada na íntegra, um retrato da Aracaju urbana cheia de desafios:

Na frente da Rua da Frente

(Rodrigo Peninha) 

As ruas dos centros urbanos

Não param por um só segundo

O homem de pedra que sai

De dentro do seu automóvel

Querendo abrir seu caminho

Na base do sangue no olho

Respira naquela fumaça

O enxofre das profundezas

Tão cego não vê que faz parte

Da obra da mãe natureza

 

Na frente do rio tem asfalto

Na frente do prédio há o rio

Na frente da Rua da Frente

Não se enxerga mais nada

Nem se conversa mais nada

A pressa não há de deixar

Os velhos parecem estátuas

Na praça, tão indiferentes

O progresso passa com pressa

Na frente da Rua da Frente

 

O sol que se espelha na água

O mangue que enfim se espreita

O caranguejo mutante

Que surge da lama preta

Meninos que saem de dutos

E ratos de estimação

A fumaça que sai da pedra

Maré alta da danação

A ponte que une e divide

Não faz parte desse cartão

 

O cangaceiro moderno

O carro de boi sem o boi

A boneca sem inocência

O tempo que foi, mas não foi

Não há mão nem contramão

Na frente da Rua da Frente

Só motoristas com pressa

Que não veem nada à sua frente

Passando por cima de tudo

Do asfalto, do rio e da gente

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo