Economia

Greve dos bancários poderá terminar nesta sexta (07)

Fenaban propõe reajuste de 8% e a não compensação dos dias de paralisação, dentre outros ajustes.
por Iane Gois
06/10/2016 12:03h

Por Iane Gois

Assembleias marcadas para o fim da tarde desta quinta-feira (06) deverão mudar os rumos da greve dos bancários, que já dura 31 dias, e uma nova proposta dos bancos será votada hoje pelos trabalhadores.

Recomendando a aceitação, o comando da greve espera que a maioria vote a favor e com isso a paralisação já termina nesta sexta-feira (07) com o retorno das atividades nas agências.

A nova propositura da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) é de reajuste salarial em 8%, anteriormente era de 7%, e a manutenção do abono em R$ 3,5 mil. Já o vale-alimentação teria acréscimo de 15%, o vale-refeição 10%, e mais 10% no auxílio creche-babá. A pretensão da categoria é de revisão salarial em 14,78%.

Além dos pontos acima mencionados, discutidos em reunião que terminou na madrugada de hoje, ficou deliberado também que os dias referentes à paralisação não precisarão ser recompensados e que, a fim de evitar demissões, será formado grupo de trabalho com pauta e prazos pré-definidos de requalificação de bancários e critérios de realocação.


Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo