Cidade

Empresas dos ramos alimentício e de isoladores elétricos pretendem instalar-se em Sergipe

A Indústria de Alimentos Trindade planeja investir R$ 3,8 milhões .
por Redação do Portal Itnet
10/10/2016 14:42h
Atualizado em 10/10/2016 14:46h

Empreendimentos dos ramos alimentício e de isoladores elétricos anunciaram intenção de instalar-se na Grande Aracaju. Para isso, seus empresários buscaram incentivos do governo, através do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI). Eles conversaram com o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, Chico Dantas, para viabilizar o investimento dos projetos em Sergipe. 

O administrador de empresas Thiago Mikael Costa, sócio proprietário da Indústria de Alimentos Trindade, quer trazer um novo ramo de atividade do grupo empresarial com origem em Natal, no Rio Grande do Norte. “Aqui vamos atuar no beneficiamento de grãos, para a produção de proteína de soja texturizada. Estamos aguardando pela definição da área onde será instalada a empresa, que deverá ser no raio de 50km a 60km  nas proximidades da capital”, observou. O empreendimento vai investir R$ 3,8 milhões na unidade industrial, onde prevê inicialmente a geração de 20 novos postos de trabalho.

Já para Leandro Max Rodrigues, abrir a empresa SKA Companhia de Isoladores Elétricos do Nordeste, será a realização de um sonho. “Sempre gostei dessa área. Hoje sou especialista em redes de alta tensão e quero ser pioneiro no Norte e Nordeste na produção de isoladores elétricos de alta, média e baixa tensão para estruturas de linhas transmissoras de energia elétrica”, destacou o empresário, eletrotécnico de formação, que espera se instalar no município de Nossa Senhora do Socorro. O empreendimento deverá gerar, inicialmente, 15 empregos, mas tem previsão de chegar a 100, quando a estrutura estiver em pleno funcionamento.

Para o secretário Chico Dantas, é satisfatório receber constantemente empresários decididos em investir em novos negócios no estado. “O Governo de Sergipe está sempre a postos para ajudar no que for preciso para que tenhamos cada vez mais novas indústrias. A Sedetec está de portas abertas para recebê-los e auxiliá-los, a fim de que todos os trâmites necessários para a instalação de suas empresas transcorram sem problemas e no menor tempo possível”, enfatizou.  

Gostou? Compartilhe:

Comentários
Veja Também