Cidade

IML atesta oficialmente causa morte do intérprete de 'Santo'

Conclusão do inquérito policial depende apenas do laudo do Instituto de Criminalística.
por Redação do Portal Itnet
18/10/2016 07:20h
Atualizado em 19/10/2016 10:41h
(Foto: Arquivo/ Internet/ Divulgação)
(Foto: Arquivo/ Facebook/ Divulgação)

Por Iane Gois

Exatamente trinta dias após o incidente que culminou no óbito do ator Domingos Montagner, 54 anos, o Instituto Médico Legal Dr. Augusto Leite, em Aracaju (SE), concluiu, no sábado (15), o laudo que aponta oficialmente a causa morte do ator.

Propagada poucos dias após o fato, a razão, asfixia mecânica por afogamento, necessitava ser oficializada através do laudo, a fim de que o documento fosse anexado ao inquérito policial e quaisquer dúvidas do que levou à partida do intérprete de 'Santo' fossem descartadas.

Ante a conclusão por parte do IML, para que as investigações sejam concluídas se faz necessário somente o laudo do Instituto de Criminalística, sendo a delegacia de Canindé de São Francisco responsável pelo caso.

O INCIDENTE
Domingos Montagner gravava capítulos da novela Velho Chico, da qual era protagonista ao lado da colega Camila Pitanga, no município sergipano de Canindé de São Francisco e aproveitou a tarde de folga da quinta-feira, 15 de setembro, para aproveitar as águas da prainha do Rio São Francisco.

O ator, que estava com a colega de elenco, mergulhou em um local considerado por populares da região como perigoso por conta da correnteza, e acabou se afogando, desaparecendo da superfície.

Imediatamente Camila Pitanga buscou ajuda e uma operação de busca foi montada. Militares do Corpo de Bombeiros, Grupamento Aéreo e pescadores se mobilizaram, mas somente à noite o corpo do ator foi encontrado submerso, a 18 metros de profundidade, cerca de 320 metros da prainha de Canindé do São Francisco.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo