Policial

Vítima mais recente foi executada em via pública no último sábado

Atual índice criminal já ultrapassou o de todo o ano de 2015.
por Iane Gois
24/10/2016 08:27h
Imagens extraídas das redes sociais
Imagens extraídas das redes sociais

Por Iane Gois

Ultrapassando consideravelmente o quantitativo de homicídios registrados em 2015, quando cerca de 89 assassinatos foram contabilizados, Itabaiana (SE) já apresenta um dos maiores índices criminais dos últimos tempos.

Conforme apontam as estatísticas, nos 296 dias de 2016 entraram para a relação de mortes com emprego de violência 94 casos, sendo que destas, segundo a polícia, a maioria tem como vítimas pessoas com antecedentes criminais.

O último crime aconteceu no sábado (22) na Rua Francisco Oliveira, nas imediações da área conhecida como Vila de Zé de Melinha, onde o ex-presidiário José Fernando Nunes dos Santos, 29 anos, foi executado em via pública.

De acordo com relatos extraoficiais de populares, Fernando cabeludo, como era conhecido, foi surpreendido com a chegada de dois homens em um veículo de passeio e o passageiro desceu do automóvel efetuando diversos disparos de arma de fogo contra ele.

Natural da capital sergipana, mas residente na cidade serrana com a mãe, Fernando possuía passagem pelo sistema prisional do estado por suspeita de envolvimento em assalto a correspondente bancário em Maruim e roubo a caminhoneiro em Minas Gerais.

À polícia civil, que nesta semana terá como delegado responsável pela regional serrana Fábio Santana, caberá as investigações para a elucidação do caso.

 *Com informações de Gilson de Oliveira

Gostou? Compartilhe:

Veja Também
Comentários