Economia

Gasolina e Diesel ficarão mais baratos, anuncia Petrobras

Redução no custo para as refinarias não obriga que haja repasse do benefício ao consumidor final.
por Iane Gois
09/11/2016 07:59h
Atualizado em 09/11/2016 08:01h

Por Iane Gois

Após sete anos sem que houvesse redução do valor da gasolina e do Diesel por parte da Petrobras, em outubro passado a estatal tornou real a queda no preço do combustível para as refinarias, porém, segundo a empresa, o abatimento não foi repassado ao consumidor, o que é legal ante a lei brasileira garantir liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados.

Divulgando um novo reajuste, a Petrobras assegura outra diminuição nos custos e, conforme propagação oficial na última terça-feira (8), o preço do Diesel cairá em 10,4% e o da gasolina 3,1%, percentual que, se repassado integralmente nas bombas ao consumidor final, refletirá no bolso do motorista na hora do pagamento com a diminuição de 6,6%, ou cerca de R$ 0,20 por litro, no diesel e 1,3%, ou R$ 0,05 por litro, na gasolina.

Contudo, sobre esse benefício para o consumidor final “dependerá de repasses feitos por outros integrantes da cadeia de petróleo, especialmente distribuidoras e postos de combustíveis".

De acordo com nota emitida pela estatal, “a metodologia definida pela Petrobras prevê a revisão dos preços cobrados nas refinarias pelo menos uma vez por mês”, sendo o objetivo implementar uma política de preços competitivos que reflita os movimentos do mercado internacional de petróleo em períodos mais curtos”.

 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo