Entretenimento

Garagem Acústica: Fulano D’ Tal e o ouro da experiência

“É um terceiro lugar com sabor de primeiro”, disse Fábio Jean sobre o bronze do concurso, mas que para os integrantes da banda representou aprendizado.
por Iane Gois
14/11/2016 12:27h
Atualizado em 14/11/2016 12:28h

Por Iane Gois

 “Jogue suas mãos para o céu e agradeça se acaso tiver alguém que você gostaria que estivesse sempre com você”, trecho da música Casinha de Sapê, escolhida para fechar com chave de ouro a apresentação dos jovens itabaianenses da banda Fulano D’ Tal, que disputaram o título de melhor banda de garagem no quadro Garagem Acústica, do Programa Combinado, mas que na verdade representa o sentimento da vitória alcançada com o bronze: gratidão.

Apesar dos esforços para a conquista do primeiro lugar, aos ceboleiros coube o terceiro lugar do podium, presente concedido pelo universo e que vai além do resultado da final. A experiência, segundo os músicos, foi aprendizado e, certamente, o apoio do público a grande conquista.

“É um terceiro lugar com sabor de primeiro. Foi o nosso primeiro momento com as câmeras, a oportunidade de expandir o som diferente que fazemos e que, apesar de não ser o modelo em nossa região, nos levou à final, que foi uma grande surpresa”, disse o vocalista Fábio Jean.

Eleitos em duas fases com a maioria maciça dos votos dos internautas, 75% e 90%, os jovens talentos serranos deixaram brotar o amor com o qual fazem música e encantaram desde os jurados à cantores consagrados, a exemplo de Carla Visi, ex-vocalista da banda Cheiro de Amor, que perceberam na reunião do quarteto o real arranjo da música: talento.

Tendo a eleição dado o título principal e a consequente premiação à Pedro Guilherme, e a segunda posição ficado com Os Pés de Cana, aos ‘Fulanos’ até então desconhecidos, coube o reconhecimento, a abertura das cortinas para a nova trajetória que levará os meninos da ‘terra do ouro’ aos palcos do Brasil.

Gostou? Compartilhe:

Comentários
Veja Também