Policial

Mototaxista é assassinado em Itabaiana (SE)

Com a execução, aumenta para 101 o número de mortes com emprego de violência no município.
por Iane Gois
22/11/2016 07:44h
Atualizado em 22/11/2016 10:58h
Natural da Bahia, o mototaxista teve a casa em que morava, em Itabaiana, invadida pelos criminosos (foto: reprodução/redes sociais)
Natural da Bahia, o mototaxista teve a casa em que morava, em Itabaiana, invadida pelos criminosos (foto: reprodução/redes sociais)

Por Iane Gois 

Apenas 48 horas se passaram da ocorrência do 100º homicídio que entrou para a relação de mortes com emprego de violência no município de Itabaiana, e mais um assassinato eleva o índice criminal na ‘princesa da serra’ que, ante a mancha de sangue que não desaparece, dia após dia ressurge nas manchetes jornalísticas como o interior mais violento de Sergipe.

Desta vez, a vítima da criminalidade foi o mototaxista José Panta da Silva Filho, popularmente conhecido como Boinho mototáxi, que teve a vida ceifada por diversos disparos de arma de fogo.

De acordo com informações do comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel PM Carlos Rolemberg, elementos entraram na casa de Boinho, no bairro São Cristovão, e atiraram, mas nada foi subtraído, o que faz a polícia acreditar que se trate de um ação específica de execução.

Ferido, o mototaxista chegou a ser socorrido e encaminhado ao hospital, mas não houve tempo para o atendimento médico e ele morreu ao adentrar a unidade de saúde.

Até o fechamento da matéria a polícia não possuía evidências que levassem aos possíveis autores do delito, bem como suposta motivação.

Gostou? Compartilhe:

Veja Também
Comentários