Policial

PM de Sergipe preso em Alagoas por roubo de carga

Prisão ocorreu pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) de Penedo.
por Redação do Portal Itnet
25/11/2016 07:48h
Atualizado em 25/11/2016 07:49h

por AQUI ACONTECE/AL, da redação.

Duas pessoas presas, carga recuperada e quadrilha desarticulada. Esse é o saldo de uma operação deflagrada no final da manhã desta quinta-feira, 24 de novembro, em Penedo, pela Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic) em parceria com 7ª Delegacia Regional de Polícia e com o 11º Batalhão de Polícia Militar. Entre os presos, um policial militar de Sergipe.

De acordo com o delegado da Deic, Guilherme Martim Iusten, o policial, o comerciante José Carlos Nunes Ferreira e sua esposa, Simone Ferreira da Silva Santos, já estavam sendo investigados como suspeitos de integrar uma quadrilha especializada em roubo de cargas que estava agindo na região.

“Nós já estávamos investigando o grupo e nos preparando para dar o bote. No entanto, nesta quarta-feira, mais uma carga foi roubada nas imediações do município de Igreja Nova e como o modus operandi foi o mesmo e as características dos responsáveis pelo crime também, nós aproveitamos o estado de flagrância e efetuamos a prisão dos suspeitos. As investigações continuam e outras pessoas deverão ser presas”, explicou o delegado em participação no Programa Vida Real da Rádio Penedo FM (97,3 Mhz e www.penedofm.com.br).

Iusten declarou ainda que o militar sergipano participava dos roubos, assim como José Carlos. “O policial é proprietário de um mercadinho no povoado Retiro, em Piaçabuçu. Já o José Carlos, que conseguiu fugir, é o dono do JC Mercadinho, na Vila Matias. Esses dois estabelecimentos comerciais eram beneficiados com as cargasroubadas na região”, complementou o delegado que há pouco tempo deixou a titularidade da Delegacia Regional de Penedo.

Ao chegar no JC Mercadinho, na Vila Matias, para dar cumprimento aos mandados, a polícia conseguiu encontrar parte da carga roubada nesta quarta-feira, 23. Vídeos gravados por populares mostram o exato momento em que as mercadorias são retiradas do estabelecimento comercial, local onde Simone Ferreira da Silva, esposa do proprietário, acabou sendo presa, segundo a polícia, por também participar do esquema.

A polícia investiga se outros mercadinhos de Penedo também foram beneficiados com o esquema. Quem tiver informações sobre o caso e quiser colaborar pode entrar em contato com o Disk Denúncia da Polícia Civil, através do 181. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo