Policial

Cinco presos fogem do Capemcan, em São Cristovão

Presidente do Sindipen assegura que a possibilidade de fuga já havia sido comunicada à direção do presídio.
por Iane Gois
02/12/2016 10:02h
Atualizado em 02/12/2016 10:29h
Presos utilizaram 'teresa' para pular o muro da unidade (foto: Sindipen)
Presos utilizaram 'teresa' para pular o muro da unidade (fotos: Sindipen)

Por Iane Gois

Mais uma fuga foi registrada na manhã dessa desta sexta-feira (2) no Complexo Penitenciário Manoel Carvalho Neto (Copemcan), em São Cristóvão, de onde cinco detentos fugiram.

Os presos escaparam do Pavilhão 5, onde 450 infratores ocupam o espaço projetado para apenas 160, utilizando uma corda feita com lençóis, popularmente conhecida como teresa, para pular o muro da unidade.

Detentos dividiam com outros 16 presos espaço projetado para três.
Detentos dividiam com outros 16 presos espaço projetado para três.

Alocados na unidade de seguro B, onde são colocados os presos mais recentes e aqueles que possuem algum tipo rivalidade com os demais, os fugitivos estavam entre os 21 que dividem a área criada para somente três.

A superlotação foi ressaltada pelo presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários e Servidores da Secretaria da Justiça (Sindipen), Luciano Nery, que certificou a ciência da possibilidade de fuga por parte da direção do Copemcan. “O local já está superlotado e isso já foi informado à direção do presídio. Infelizmente a fuga só foi percebida pelos agentes hoje pela manhã”, disse Nery.

A evasão foi confirmada pelo assessor de comunicação da Secretaria de Justiça e Cidadania e de Defesa ao Consumidor, Sejuc, que assegurou a realização de diligências nesse momento para a recaptura dos foragidos.

Gostou? Compartilhe:

Veja Também
Comentários