Política

Eduardo Amorim é homenageado por fabricantes de carrocerias

Responsável por edição em Resolução do Denatran, senador evitou desemprego em massa e, consequentemente, atuou pelo fortalecimento da atividade.
por Iane Gois
07/12/2016 10:07h

O senador Eduardo Amorim (PSC-SE) recebeu na manhã da terça-feira, 6, da Associação Brasileira dos Fabricantes de Carrocerias de Madeira (ABFCM), uma placa de homenagem em reconhecimento ao trabalho na edição das resoluções 552/2015 e 588/2016 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), que fixa os requisitos mínimos de segurança das cargas transportadas em caminhões. A nova resolução, a 631/2016, permite a fabricação das carrocerias de madeira de alta densidade e alta resistência com fixadores metálicos, por exemplo.

A resolução anterior do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) detalhava que as carrocerias de madeiras podiam ser fabricadas e comercializadas normalmente até dia 31 de dezembro de 2016; já em 2017, se a resolução não fosse revista, todas as carrocerias deveriam ter suas bases em aço. “A ABFCM trabalhou com o senador Eduardo e embasamento técnico demonstrando ao Denatran que a madeira tem a resistência adequada para essa estrutura”, explicou o engenheiro Carlos Rodrigues.

Para o senador Eduardo, a resolução vai favorecer 22 mil empregos e 580 empresas que trabalham com carrocerias. A nossa audiência, em agosto passado, com o diretor do Denatran, Elmer Coelho Vicenzi, avançou graças aos números da área que apresentamos. “Evitamos o desligamento de milhares de trabalhadores. Em Itabaiana, cidade tradicional neste tipo de produto, seriam mais de três mil desempregados imediatos”, disse o parlamentar.

O presidente da ABFCM, Carlos Rodrigues, que esteve presente na audiência com o diretor do Denatran apresentou contestação e embasamento técnico e ecológico sobre o produto. “Prezamos pela segurança das cargas transportadas pelas carrocerias de madeira. Propomos uma melhoria nos adequaremos”, explicou Rodrigues.

A representante da Fábrica de Carrocerias São Carlos, em Itabaiana, Márcia Roseli Lima, afirmou que a participação do senador foi de fundamental importância, pois a questão necessitou de diálogo. “O empreendedorismo da nossa cidade, relacionado a carrocerias de madeira, apresentou a sua reivindicação e ampliamos as conversações. Não podemos encerrar uma atividade tão tradicional e reconhecida do nosso Nordeste”, disse Márcia.

Resolução

Segundo a resolução, as novas carrocerias deverão ser construídas com madeira de alta densidade e alta resistência, ter obrigatoriamente fixadores metálicos de perfil “U” que comprovadamente resistam às forças solicitadas. “Não podem ser considerados pontos de fixação as guardas laterais e piso, se estes pontos de amarração não estiverem em contato com travessas ou o chassi”, descreve a resolução.

Outro ponto da resolução afirma que “os veículos em circulação, deverão ser adicionados aos dispositivos de amarração perfis metálicos em “L” ou “U” nos pontos de fixação, fixados nas travessas da estrutura por parafusos, de modo a permitir a soldagem do gancho nesse perfil e a garantir a resistência necessária”.

 Da Ascom/Eduardo Amorim

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo