Internacional

CHAPECOENSE: último sobrevivente da tragédia, Neto retorna ao Brasil

Acidente com aeronave da LaMia deixou 71 mortos e seis feridos.
por Iane Gois
16/12/2016 07:36h
Atualizado em 16/12/2016 07:40h
Familiares e torcedores receberam Neto na porta do hospital (Foto: Marcelo Siqueira/RBSTV)
Familiares e torcedores receberam Neto na porta do hospital (Foto: Marcelo Siqueira/RBSTV)

O zagueiro Neto, último sobrevivente resgatado da tragédia com o avião que levava a delegação da Chapecoense, em novembro, chegou a Chapecó, no Oeste catarinense, às 21h46 desta quinta-feira (15).

O avião médico saiu da Colômbia pouco antes das 13h30 (horário de Brasília) e fez escala em Manaus.

Torcedores da Chapecoense aguardavam a chegada do zagueiro no aeroporto. Neto foi recebido com cantos de "O campeão voltou". Após ser retirado do avião, ele acenou para o público antes de ser colocado na ambulância. O zagueiro chegou ao hospital por volta das 22h25.

Familiares e torcedores aguardam chegada de Neto ao hospital (Foto: Murilo Souza/RBS TV)
Familiares e torcedores aguardam chegada de Neto ao hospital (Foto: Murilo Souza/RBS TV)

Neto embarcou acompanhado de médicos em um avião com estrutura de UTI, de uma operadora de saúde parceira da CBF. Ele ficará pelos próximos dias internado no Hospital da Unimed, o mesmo onde estão o lateral Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel. O goleiro Jackson Follmann foi o primeiro ferido a vir para o Brasil, na segunda-feira. Ele deverá ser transferido de São Paulo para Chapecó no fim de semana.

"Quero agradecer a todos do Airplan pela ajuda, pelos voluntários. Sou grato a Deus pelo trabalho que vocês fazem, agradeço muito a vocês pela ajuda que me deram. Muito obrigado, Deus abençoe a todos, que vocês continuem fazendo esse trabalho, que é maravilhoso para quem necessita, como eu necessitei. Grande abraço a todos", registrou Neto em vídeo gravado.

Neto foi o último ferido a ser resgatado após a queda do avião da LaMia. O acidente deixou 71 mortos e seis feridos. Antes de deixar o hospital colombiano, o jogador brasileiro reencontrou Marlon Lengua, policial que o resgatou quando as buscas aos sobreviventes já estavam suspensas.

Lengua encontrou Neto quando todos os socorristas já haviam deixado o local, encerrando as buscas para retornarem nas primeiras horas do amanhecer.

O zagueiro Neto recebe a visita do policial que o salvou do desastre do avião com a delegação da Chapecoense (Foto: Leonardo Zampier/Arquivo Pessoal)

O zagueiro Neto recebe a visita do policial que o salvou do desastre do avião com a delegação
da Chapecoense (Foto: Leonardo Zampier/Arquivo Pessoal)

A foto foi postada nas redes sociais pelo irmão de Neto, Leonardo Zampier, no início da manhã desta quinta. "Não ia citar alguém, por receio de ser injusto, mas esse cara aqui, eu penso que, não fosse a atenção, insistência e intuição dele, possivelmente não estaríamos aqui, nos despedindo da Colômbia e retornando ao Brasil com a missão cumprida! Muito obrigado Marlon Lengua! Muito obrigado Colômbia! Muito obrigado Brasil! Muito obrigado Mundo!", escreveu.

Veja a mensagem do irmão na íntegra:
"Deus é amor. E amor foi o que senti aqui de todos que o ajudaram, sejam com suas habilidades, sejam com suas orações, sejam os nativos daqui ou de qualquer lugar do mundo.

Aqui vão meus agradecimentos a Deus e a esses anjos da guarda que cuidaram tão bem do meu irmão aqui na Colômbia.

Sintam-se abraçados fortemente por toda nossa família e amigos, sejam vocês socorristas, médicos, enfermeiros, voluntários, polícia, Etc. De coração.

Não ia citar alguém, por receio de ser injusto, mas esse cara aqui, eu penso que, não fosse a atenção, insistência e intuição dele, possivelmente não estaríamos aqui, nos despedindo da Colômbia e retornando ao Brasil com a missão cumprida!!!

Muito obrigado Marlon Lengua!!! Muito obrigado Colômbia!!! Muito obrigado Brasil!!! Muito obrigado Mundo!!!"

Alan e Henzel
O jogador Alan Ruschel e o jornalista Rafael Henzel seguiam internados nesta quinta-feira (15). “Alan está muito feliz, primeiro não via a hora de voltar ao Brasil, agora, não vê a hora de sair do hospital”, disse a mãe do jogador, Loreni da Silva Ruschel, depois da divulgação de que o filho pode ter alta nesta sexta-feira (16).

Alan se recupera de uma cirurgia na coluna vertebral. Segundo os médicos, ele dormiu bem na última noite, sem necessidade de medicamentos. Na sexta-feira (16), o tratamento com antibióticos intravenosos deve ser suspenso. Os médicos já falam de uma "possível alta hospitalar", que vai depender de uma avaliação ortopédica.

O jornalista Rafael Henzel, que se recuperou de uma contusão pulmonar e recebe tratamento para uma infecção no pé.

 Do G1 SC

Gostou? Compartilhe:

Comentários
Veja Também