Entretenimento

Justiça cancela realização da Festa de Santos Reis de Macambira

Evento contaria com a apresentação de Kátia Cilene, Samyra e Valneijós.
por Redação do Portal Itnet
14/01/2017 21:05h

Por Itnet, da redação. 

Em decisão divulgada neste sábado, dia 14, a justiça decidiu pelo cancelamento da Festa de Santos Reis, prevista para se realizar nos dias 14 e 15 de janeiro de 2017, na Praça do Mercado Municipal de Macambira. 

Uma ação civil pública foi ajuizada pelo Ministério Público, alegando as razões pelas quais o evento não deveria ser realizado. De acordo com o MP, o 3º Batalhão de Polícia Militar (BPM), não faria o emprego de policiamento extraordinário visando a segurança no evento, bem como um ofício encaminhado pelo vereador Ita Anderson, com documentos declarando que a prefeitura estaria patrocinando ou promovendo a festa, mesmo estando em vigência o decreto de emergência devido à crise hídrica. 

Diante do exposto, a juíza Maria Luiza Foz Mendonça decretou a suspensão da realização do evento e dos Shows previstos para a esta festa, bem como o pagamento de qualquer valor aos realizadores/organizadores/colaboradores/fornecedores da festa, sob pena de multa de R$ 100.000,00 (cem mil reais), em caso de descumprimento, a ser suportada pelo gestor,  a qual deverá ser revertida ao Fundo Municipal de Assistência Social; requer ainda que seja fixada multa diária não inferior a R$ 200.000,00 (duzentos mil reais), a ser suportada pelo demandado Luciano Machado Batista, na condição de responsável pelo cumprimento das determinações judiciais, a qual deverá ser revertida ao Fundo Municipal de Assistência Social, de modo a coibir os seus descumprimentos.

A gestão municipal recorreu da decisão, alegando que o gesto municipal não era o realizador do evento, e entre outras considerações, mas o Tribunal de Justiça de Sergipe emitiu nova decisão mantendo o cancelamento da realização dos eventos.

Em sua rede social, o secretário de administração, Cuco Cruz, relatou sobre o cancelamento do evento. “Não, haverá festa em Macambira, nem hoje e nem amanhã. O Prefeito Luciano fez a parte dele correndo atrás de patrocinadores, mas o Vereador do Povo Ita Anderson prejudicou nossos comerciantes, nossa juventude, nosso povo. Valeu o voto que deram a um forasteiro”, relatou.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo