Nacional

Ex-assistente de palco da Globo, Russo morre aos 85 anos

Russo, morreu na manhã deste sábado (28)
por Redação do Portal Itnet
29/01/2017 06:34h

Do UOL, em São Paulo.
 
Ex-assistente de palco da Globo, Antônio Pedro de Souza e Silva, mais conhecido como Russo, morreu na manhã deste sábado (28), aos 85 anos, por complicações decorrentes de infecção pulmonar. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do hospital e pela neta Bruna Bergamini.

De acordo com Bruna, Russo deu entrada no último domingo (22) no Hospital de Clínicas Mário Lioni, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, para tratar de uma pneumonia e embolia pulmonar. Russo deixa a filha Fernanda - que cuidava dele - e quatro netos. A mãe de Bruna, Lia, também já morreu.

O velório será neste domingo (29), a partir de 9h, e o sepultamento às 11h45, no Cemitério de Xerém, em Duque de Caxias.

Em novembro de 2015, Russo ficou internado após sofrer o segundo AVC (Acidente Vascular Cerebral). Em junho do mesmo ano, ele foi internado depois de sentir fortes câimbras nas mãos e vomitado diversas vezes. Na ocasião, Russo fez um eletrocardiograma, entre outros exames, quando teve convulsão e uma isquemia (diminuição da corrente sanguínea), o que provocou o AVC.

Trajetória

O assistente de palco mais famoso da Globo começou no Cassino do Chacrinha, em 1965. Ele animava a plateia e conquistou o público usando fantasias. Russo passou também pela TV Xuxa, Domingão do Faustão, Caldeirão do Huck, entre outros.

Em 2014, depois 46 anos na emissora, ele foi afastado. Em entrevista ao UOL, após sua saída, ele chorou e disse que "o coração ficava triste" ao ser barrado na portaria. "Não posso mais ir ao Projac. Agora só com autorização. Não posso mais entrar lá, meu crachá foi cancelado. Passo mal quando chego na portaria e tento passar meu crachá na roleta e não consigo entrar porque me proibiram. Vou para um canto e desabafo comigo mesmo. E me perguntam: 'Russo, por que você está chorando aí?'. E digo que é porque não posso mais ver meus colegas e os estúdios. Meu coração fica triste. Gosto muito de trabalhar. Não gosto de ficar parado", disse.

Gostou? Compartilhe:

Veja Também
Comentários