Concursos

TRE-SE lança processo seletivo de estágio de Nível Médio

As inscrições encerram dia 24 de fevereiro
por Redação do Portal Itnet
17/02/2017 08:27h

Por TRE/SE

O Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe inicia novo processo de seleção de estagiários de Nível Médio para as vagas existentes e para as que vierem a surgir. 

Atualmente existem vagas disponíveis nos municípios de Aracaju, Cedro de São João, Ribeirópolis, Canindé de São Francisco, Itaporanga D'Ajuda, Itabaianinha, Japaratuba, Porto da Folha, Tobias Barreto, Boquim, Maruim e Lagarto. 



Inscrições

As inscrições encerram dia 24 de fevereiro e os interessados nas vagas em Aracaju deverão fazer sua inscrição no CIEE. Para os que desejarem concorrer às vagas do interior, a inscrição deve ser feita no Cartório Eleitoral do respectivo município. Atualmente, o valor da bolsa para estagiário de nível médio é de R$621,18 e o auxílio-transporte é R$136,40. Os endereços dos Cartórios Eleitorais você encontra clicando aqui

São requisitos para a inscrição no processo seletivo:

Idade entre 16 e 18 anos incompletos;
Média geral escolar em 2016 superior ou igual a 6,0 (seis);
Ter estudado em escola pública em 2014, 2015 e 2016;
Estar matriculado em escola pública em 2017;
Pertencer a família de renda total igual ou menor que dois salários-mínimos (será necessário preencher declaração de pobreza e reconhecer a firma em cartório para levar no dia da prova);
Ser aprovado no ano letivo de 2016;
Estar quite com a Justiça Eleitoral (ter registro eleitoral). 

Classificação

A escolha dos novos estagiários será mediante prova escrita de português (com redação) e matemática (com raciocínio lógico).Classificam-se os candidatos que obtiverem maior pontuação, desde que a média seja maior ou igual a 6,0. A avaliação será aplicada na sede do TRE-SE, em Aracaju, em data a ser divulgada oportunamente. 

Responsabilidade Social

O estágio de nível médio no TRE-SE integra o projeto Jovem Cidadão, cujo objetivo é possibilitar aos estagiários condições para o pleno exercício da cidadania, a partir da sua capacitação profissional e pessoal. O Projeto visa também inserir o estudante com deficiência no mercado de trabalho, estimulando o seu potencial de aprendizagem.

Gostou? Compartilhe:

Veja Também
Comentários