Política

Professores fazem ato em frente à casa do governador

Por Jozailto Lima
por Redação do Portal Itnet
13/03/2017 15:49h

Por Jozailto Lima

Os professores da rede estadual de Sergipe decidiram antecipar as reivindicações que desencadearam uma greve geral que se iniciará na próxima quarta-feira, dia 15 de março, em todo o País. Isso porque, nesta segunda, 13, eles realizaram um ato em frente à casa do governador do Estado, Jackson Barreto.

Segundo informações da Assessoria do Sintese, o sindicato da categoria, o protesto se deu em virtude do atraso no pagamento dos proventos e do não reajuste do piso salarial dos professores. Já a greve abrangerá temais mais complexos.

Segundo o Sintese, são eles: “a reforma da previdência orquestrada pelo governo de Michel Temer; a desestruturação da carreira do magistério promovida pelo governo Jackson Barreto; o desmonte da educação pública da rede estadual de ensino forçada pelo secretário de estado educação, Jorge Carvalho, e contra prefeitos e prefeitas que insistem em desrespeitar as leis e retirar direitos”.

Em âmbito nacional, a pauta que congrega a luta dos professores pede o fim ao golpe de Estado, a não aprovação da reforma previdenciária, o cumprimento da lei do piso salarial nacional e investimentos necessários e previstos no Plano Nacional de Educação – PNE.

Além da Greve Geral Nacional da Educação, os cenários em relação ao cumprimento do reajuste do piso salarial nacional do magistério nas redes municipais e estadual de ensino de Sergipe também foram pauta durante a assembleia dos professores.

http://jlpolitica.com.br/

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo