Cidade

Curiosidade: você sabe de onde surgiu a lenda do Santo Antônio Fujão?

A lenda tem a ver com a transferência da Igreja Matriz
por Redação do Portal Itnet
17/03/2017 15:41h

Por Taís Cristina

Se tem uma coisa que não falta em Itabaiana é história; tem história sobre a origem do nome, sobre ela ser a terra da cebola, do caminhão, do ouro, sobre a Feira... Dentre estas histórias, está a lenda do Santo Antônio Fujão, que já foi objeto de estudo, já foi citada em música da cantora Amorosa. Mas você sabe como surgiu essa lenda, e por que o Santo fugia? Como se sabe, lenda é lenda. Mas tem muitas lendas que as pessoas acreditam e tornam como verdade.

Foto: Taís Cristina

 

Tudo começou quando os colonizadores europeus chegaram a Itabaiana, que na época ainda nem era cidade de fato. “A lenda do Santo Fujão trata-se de um bom trabalho de marketing no sentido de convencer ao povo sobre a mudança da igreja, epicentro da futura povoação de Santo Antônio da Itabaiana, para o local em que hoje se encontra a Matriz de Santo Antônio e Almas. Inventou-se a história de que a imagem do santo, descontente por ter sido colocada na Igreja Velha, hoje em ruínas, assim que seus condutores se descuidavam, saía caminhando estrada afora”, conta o historiador José de Almeida Bispo, itabaianense.

Ou seja, segundo a lenda, o santo não queria que Itabaiana se desenvolvesse ao redor da Igreja Velha, que na época era o centro da povoação, por isso ele buscava fugir para onde hoje fica a Igreja Matriz, e foi o que aconteceu.

O interessante é que, verdade ou não, essa história de que em Itabaiana o Santo Antônio é fujão passa de geração para geração, todos comentam, mas pouca gente sabe de onde ela surgiu, porque esse aspecto é pouco trabalhado nas escolas. E mais interessante ainda é notar como lendas fazem parte da identidade e do cotidiano da cidade serrana, que mesmo com tanto desenvolvimento e crescimento, não perde nunca a sua verdadeira identidade.

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo