Cidade

Sergipe poderá ganhar novas rotas nacionais e voo regular internacional

Governo do Estado sugeriu a implantação de um voo que faça a linha Salvador – Aracaju – Recife e o voo direto para o trecho Brasília - Aracaju à Gol. Outro pedido foi referente ao voo regular internacional de Aracaju para Buenos Aires
por Redação do Portal Itnet
22/03/2017 20:31h

Por Agência Sergipe Notícias 

O secretário de Estado do Turismo, Fábio Henrique, reuniu-se com o diretor de Relações Institucionais da Gol Linhas Aéreas, Cláudio Neves Borges, e o executivo Bherener Matos, na tarde desta quarta-feira, 21, na sede da empresa, em São Paulo, para discutir a criação de novas rotas e do primeiro voo regular internacional de Sergipe. 

De acordo com o secretário de Turismo os pleitos, referentes à ampliação, foram para a implantação de um voo que faça a linha Salvador – Aracaju – Recife, a qual possui uma demanda grande, além da solicitação de um direto para o trecho Brasília - Aracaju. 

“A Gol recebe com muita simpatia a criação dessas rotas e discutiremos com o Planejamento, para que possa ser feito o estudo e a implantação”, informou o diretor da Gol.

Fábio Henrique destacou o pedido feito pelo governador Jackson Barreto, de ser criado o primeiro voo regular internacional, saindo de Aracaju para Buenos Aires. “Existem algumas questões burocráticas a serem obedecidas, mas a Gol sinalizou de forma positiva para que isso aconteça”, ressaltou o secretário.

O secretário Fábio Henrique reforçou que o voo internacional possibilitará o aumento da vinda de turistas argentinos para o estado, favorecendo a economia em toda a cadeia que envolve a atividade turística. “Serão muitos argentinos nas praias, bares, restaurantes e hotéis, conhecendo e consumindo, se admirando com o nosso artesanato. Não tenho dúvida que será um grande marco do Governo de Sergipe”, defendeu o secretário.

Aeroporto

Com o objetivo de melhor atender aos turistas que visitam o estado e aos sergipanos, o Governo do Estado realiza investimentos no aeroporto de Aracaju. O complexo aeroportuário é construído em parceria com a Infraero e inclui a construção do novo terminal de passageiros, ampliação da pista de pouso e decolagem e o desmonte do morro da Piçarreira. Juntas, as obras somam mais de R$ 423 milhões. O governo já investiu, até o momento, R$ 55 milhões no entorno do aeroporto, em abertura de avenidas, no desmonte do Morro da Piçarreira, dentre outros investimentos.

Com orçamento inicial de R$ 277 milhões, o novo terminal passará a ter 36 mil m² e capacidade para atender 4,3 milhões de passageiros, contra o 1,7 milhão atuais. Já o pátio de aeronaves terá oito posições para aeronaves do tipo Boeing-737 e quatro pontes de embarque. A nova configuração possibilitará ao aeroporto receber uma maior variedade de tipos de aeronaves, sobretudo voos intercontinentais, incentivando assim o desenvolvimento econômico do estado.

A ampliação fará com que a pista de pouso passe dos 2.200 metros de extensão para 2.785 metros. Também serão construídas novas áreas de escape e quatro novas pistas de manobra, bem como o recapeamento, a revitalização do balizamento luminoso.
 

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo