Policial

Confira novas informações sobre a Operação Baixada deflagrada em Itabaiana pela Polícia Civil

Até o momento, 18 pessoas já foram presas, uma arma foi apreendida e diversos entorpecentes
por Redação do Portal Itnet
23/03/2017 10:38h
Atualizado em 23/03/2017 12:35h

Até o momento, a Operação Baixada, comandada pela Polícia Civil de Itabaiana, já realizou 18 prisões, apreensão de uma arma e vários entorpecentes. Entre os presos estão os acusados de dois homicídios ocorridos em Itabaiana neste ano: o assassinato do marchante Laerte Maciel dos Santos e do jovem Olavo Eduardo Barbosa Neto.

A Operação Baixada teve início na madrugada desta quinta-feira, 23, e tem o objetivo de realizar prisões por crimes de homicídios, roubos majorados, tráfico de drogas e cumprimento de alguns mandados de prisão que estavam em aberto. Ela tem esse nome por ter se concentrado na região conhecida como Baixada, onde está a rua São Domingos e o loteamento São João, mas também realizou prisões em outros pontos do município.

Um total de 70 policiais civis participa da operação. O efetivo é composto por agentes da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), Departamento de Narcóticos (Denarc), Grupo Especial de Repressão e Busca (Gerb), Delegacias de Lagarto, Carmópolis, Nossa Senhora da Glória, Porto da Folha, Cristinápolis, Malhador, Feira Nova, Macambira, São Domingos e Cedro de São João. Além disso, a operação conta também com o apoio de equipes do Grupamento Tático Aéreo (GTA) e de militares da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPCães) e do 3º Batalhão de Polícia Militar.

 Os homicídios em que os acusados já estão presos ocorreram no dia 26 de fevereiro, quando Laerte Maciel, que trabalhava como machante, foi assassinado a tiros no bairro Bananeira; e no dia 05 de março, quando o jovem conhecido como Olavinho foi morto também por disparos de arma de fogo, no momento em que estava em um bar.

 

Gostou? Compartilhe:

Comentários
Veja Também