Policial

Alunas acusam colega de agressão e assédio dentro de Universidade em Aracaju e reclamam de falta de assistência

Todos os envolvidos são estudantes do curso de Direito de uma Universidade localizada no bairro Farolândia, em Aracaju
por Redação do Portal Itnet
28/03/2017 07:59h
Atualizado em 28/03/2017 08:47h

O site Jornal de Sergipe divulgou na última segunda-feira, 27, a informação de que duas alunas do curso de Direito de uma Universidade localizada no bairro Farolândia, em Aracaju, haviam sofrido agressão verbal e assédio por parte de um colega de curso dentro da Universidade. De acordo com informações passadas ao site, nem a Universidade, nem a Polícia Civil prestaram a assistência que deveriam.

As duas estudantes registraram Boletim de Ocorrência (BO) no último dia 22, e segundo elas, as agressões ocorreram nos dias 16 e 20. A primeira situação ocorreu quando o acusado forçou um contato físico não permitido por uma das vítimas. No outro dia, ele agrediu a mesma vítima e outra colega verbalmente, inclusive cuspindo sobre elas.

Transtornada com a situação, as duas buscaram apoio junto à Polícia Civil. Elas foram na Delegacia da Mulher, de lá foram mandadas para a 4ª Delegacia Metropolitana de Aracaju, onde segundo elas, foram mal atendidas pelos funcionários, que ainda registraram um BO mal redigido. Segundo elas, faltou a assistência necessária para a situação.

A Secretaria de Segurança Pública de Sergipe (SSP), emitiu nota afirmando que todos os serviços que deveriam ser prestados às vítimas foram prestados; e que a informação de maus tratos por parte de um servidor da 4ª Delegacia Metropolitana não procede.

As jovens ainda afirmaram que não foram amparadas da maneira que deveriam pela instituição onde tudo ocorreu. Um termo de ocorrência foi aberto, mas foi indeferido. “A ocorrência que abri foi indeferida porque o local que aconteceu não tem câmera. Só conseguimos o nome e a matrícula dele porque corremos atrás, mas a instituição não prestou assistência”, relatou uma das vítimas ao Jornal de Sergipe.

Com informações do Jornal de Sergipe

Gostou? Compartilhe:

Veja Também
Comentários