Saúde e Ciência

Saiba como enfrentar algumas situações comuns da gestação

Por Aline Rezende
por Redação do Portal Itnet
15/04/2017 09:33h

O período gestacional é constituído por 40 semanas, sendo heterogêneo em seus aspectos fisiológicos, metabólicos e nutricionais. Algumas situações comuns na gestação são náuseas e vômitos, Pica, Pirose e Constipação Intestinal. Todas essas manifestações podem ser minimizada através de algumas condutas nutricionais. Veremos a seguir cada uma delas.

Náuseas e vômitos

Manifestações frenquentes da 6ª a 20ª semana gestacional, geralmente desaparecendo a partir do 2º semestre (14ª semana gestacional) com o retorno da disposição para se alimentar.  

Durante o período de inapetência provocado pelos episódios de náuseas e vômitos a gestantes se preocupam com a nutrição do seu bebê, por estarem ofertando baixa quantidade de nutrientes nesse período. No entanto, é o seu estado nutricional anterior a gravidez que tem o maior impacto na formação e no desenvolvimento do feto.

Para minimizar o desconforto da gestante quanto às náuseas e vômitos deve-se:

- Realizar oito refeições diárias em pequenas porções;

-  Consumir alimentos com baixo teor de gordura e abrandados;

-  Consumir alimentos que tenham gengibres na sua preparação como biscoitos, bolos, sucos;

-  Ingerir biscoitos salgados tipo cream- crackers antes de levantar pela manhã.

Picamalácia

A Picamalácia é uma condição comportamental em que a gestante começa a ingerir substâncias não alimentares, tais como tijolo, barro de pote, cal de parede, terra, sabão. Comportamentos esses prejudiciais a gestação podendo levar a riscos de contaminação por substâncias tóxicas, diminuição do aporte nutricional e infecção por parasitas.

Para minimizar o desconforto da gestante quanto a pica deve-se:

-  Suprir a deficiência de cálcio e ferro no organismo.

Pirose

                Sintoma de queimação e azia sentidos logo após a refeição pelas gestantes. Isso se dar pelo retorno dos alimentos misturados ao ácido clorídrico para o esôfago, devido à pressão do útero sobre o estômago.  

Para minimizar o desconforto da gestante quanto a pirose deve-se:

-  Fracionar refeições;

-  Ingerir os alimentos de forma lenta;

-  Mastigar bem os alimentos;

-  Evitar o estresse durante a alimentação.

Vale ressaltar que não é necessário a restrição de frutas cítricas, pois nenhuma delas tem uma acidez maior que a do ácido clorídrico.

Constipação Intestinal

Esse problema aparece ou se agrava a partir da 20ª semana gestacional. A constipação se dar pelo aumento pela modificação hormonal da gestação, principalmente aumento da progesterona que relaxam a musculatura intestinal e diminui o peristaltismo.

Para minimizar o desconforto da gestante quanto a constipação deve-se:

- Aumentar a ingestão de água;

-  Ingerir verduras de folhas cruas ou cozidas nas refeições;

-  Consumir frutas secas nos lanches (damasco, passas, ameixa);

- Realizar caminhadas no mínimo três vezes por semana.

Colocar em pratica todas as orientações nutricionais acima, possibilitará em uma gestação saudável sem presença de sintomas indesejáveis.

Aline Rezende Alves.
CRN 5 - 5055.
Nutricionista pela Universidade Federal de Sergipe.
Especialista em Nutrição Clínica – Metabolismo, Prática e Terapia nutricional pela Universidade Estácio de Sá.

Gostou? Compartilhe:

Veja Também
Comentários