Tecnologia

Sucessor do Clio, Renault Kwid inicia pré-venda dia 15 de maio

Motor do subcompacto francês será 1.0 SCe de três cilindros de 82 cv e 10.5 kgfm máximos
por Redação do Portal Itnet
23/04/2017 10:09h

Por R7 

O Renault Kwid, sucessor do Clio, que ficou 15 anos no mercado, iniciará em menos de um mês, no dia 15 de maio. O subcompacto foi apresentado ao público brasileiro no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro passado, e será produzido em São José dos Pinhais, no Paraná. 

O SUV dos compactos, como é nomeado pela marca francesa, estará nas concessionárias entre os meses de junho e julho. Mesmo criando uma subcategoria, o carro vai disputar vendas com os populares atuais, em especial os subcompactos Fiat Mobi e Volkswagen Up!. A ideia da Renault é fazer o cliente acreditar que o Kwid será um crossover por causa de sua altura de 18 cm em relação ao solo, mesmo tendo seus 3,68 metros de comprimento, medida padrão de um hatch de entrada. 

​O motor será 1.0 SCe de três cilindros — recém-lançado na dupla Logan e Sandero — com  79 cv de potência e 10.2 kgfm de torque quando abastecido com gasolina e 82 cv de potência e 10.5 kgfm de torque se abastecido com etanol. O câmbio é o manual de cinco velocidades. O compacto também contará com outras versões equipadas com a transmissão automatizada Easy’R. 

O Kwid será o primeiro hatch compacto do Brasil a vir de série com airbags laterais, além dos frontais obrigatórios. Os preços ainda não foram revelados, porém, deve partir abaixo de R$ 40 mil. Entre os itens, deve reunir direção elétrica, ar-condicionado, vidros e travas elétricos, além de freio ABS e dos quatro airbags. 

Saiba mais http://r7.com/tJ8I

Gostou? Compartilhe:

Comente Abaixo